DA REDAÇÃO: Preços de rações sobem com alta no mercado de grãos

Publicado em 26/08/2013 13:47 e atualizado em 26/08/2013 17:09
326 exibições
Rações: Vice-presidente do Sindirações lembra da frase "nunca confunda a esperança com crenças e fatos" para justificar a situação atual do mercado em relação as previsões feitas anteriormente para a safra norte-americana. Custo das rações ficam bastante elevados com alta do mercado, aumentando também o preço de animais que dependem delas, como o frango.

O cenário no início de 2013 revelava bastante otimismo para a produção de grãos, com indicadores apontando para o aumento da produtividade, que contribuiria com a reposição dos estoques comprometidos nos últimos anos. No entanto, recentemente ocorreu uma reversão nessa situação, ainda existe uma demanda mantida, mas grande parte da oferta são apenas suposições. No Brasil, a valorização do dólar impactou os custos, tanto do milho, quanto do farelo da soja, o que influencia nos preços das rações.

Segundo o Vice-presidente do Sindirações, Ariovaldo Zanni, de janeiro a julho o custo médio da ração para alimentação de frango caiu 12%, enquanto em agosto esse número já perdeu 4 pontos, chegando a 8%. Para os suínos o preço da ração havia diminuído 15% e em agosto chegou a 9%, o que reduz a rentabilidade dos produtores: “O frango respondeu mais rápido devido à dinâmica da cadeia produtiva, já o suíno também recuperou preço, mas ainda é insuficiente para capitalizar as perdas que os produtores acumularam no ano passado”.

Zanni afirma que esse é um momento deliciado, em que precisa haver controle inflacionário e todos os elos da cadeia de fornecimento, do campo até o supermercado, têm que contribuir para conseguir oferecer um produto que caiba no bolso dos brasileiros.

Por: João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário