DA REDAÇÃO: Café – Com entrada da safra no mercado, preços devem seguir pressionados

Publicado em 16/09/2013 14:51 e atualizado em 16/09/2013 17:10
530 exibições
Café: Leilões da Conab não movimentam mercado porque informações já foram absorvidas anteriormente. Com entrada da safra, não há perspectiva de preços melhores, a menos que aconteça algum fato novo relacionado ao grão.

Apesar do primeiro leilão de contratos de opções de venda do café ter negociado cerca de 85,65% da oferta do grão na última sexta-feira (13), os preços do produto permanecem mais baixos. Segundo o analista de mercado, Nelson Carvalhaes, o mercado já absorveu as informações que foram divulgadas anteriormente.

Além disso, com a entrada da safra brasileira no mercado, não há perspectivas de preços mais altos, a não ser que novas informações sejam anunciadas. “Estamos na entrada da safra, que não é grande, porém é boa. Não vejo como ter uma recuperação nas cotações”, destaca Carvalhaes.

Já as notícias de que o clima seco poderia prejudicar a floração da próxima safra, o analista explica que, essa é o período de stress é normal após a colheita do grão. Entretanto, caso a situação se prolongue por mais de 30 dias, pode comprometer a floração da próxima temporada. 

Por outro lado, o analista ainda destaca que os preços futuros da commodity podem recuar abaixo da linha dos 119 centavos de dólar por libra peso. Situação decorrente ao problema de curto crédito e alta taxa de juros no exterior. 

Por: Kellen Severo// Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário