DA REDAÇÃO: Com previsão de chuvas para os próximos dias, produtores goianos iniciam plantio ainda no pó

Publicado em 02/10/2013 19:10
519 exibições
Safra 2013/14: Em Goiás, chuvas se aproximam e produtores começam a plantar no pó. Estado terá predominância de soja, com exceção de áreas que precisam de rotação de cultura. Preços da soja trazem recuperação às cidades prejudicadas pelos baixos preços das boiadas no interior goiano.

Com previsão de chuvas acima de 70 milímetros para os próximos dias, produtores rurais de Goiás arriscam iniciar o plantio da soja ainda no pó para garantir a janela ideal no cultivo da safrinha de milho. Em algumas regiões, as chuvas, ainda que irregulares, já ajudaram na preparação do solo para receber as sementes desta safra que prevê novo recorde em produção.

Segundo o economista e analista de mercado da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Pedro Arantes, as áreas de cultivo da soja nesta temporada devem aumento até 100 mil hectares, cerca de 5% maiores do que na última safra, por conta dos melhores preços da oleaginosa frente ao milho. 

Devido à necessidade de rotação de cultura (lavoura-pecuária), a região Médio-Norte do Estado será a única a manter seus níveis de produção para garantir a recuperação das pastagens e evitar pragas. 

E é a produção de soja que tem trazido prosperidade às populações da região Médio-Norte. Diante dos baixos preços pagos pelas boiadas, o grão trouxe renda às famílias que já planejavam abandonar o entorno do Vale do Araguaia. 

 

Por: João Batista Olivi e Juliana Ibanhes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário