DA REDAÇÃO: Preços do café se recuperam em NY, mas mercado deve seguir volátil sem definição do tamanho da safra brasileira

Publicado em 24/03/2014 18:45 e atualizado em 24/03/2014 21:18 379 exibições
Café: mercado em NY fecha com 500 pontos de alta mas ainda não significa uma reversão de tendência. Mercado deve continuar volátil até entrada da safra brasileira quando efetivamente as perdas serão mensuradas.

Mercado do café arábica volta a subir na Bolsa de Nova Iorque, após sucessivas sessões de queda. De acordo com o analista Gil Barabach, da Safras & Mercado, o fechamento foi bom, com mais de 500 pontos de alta, porém, ainda representa uma correção em relação às últimas baixas. 

“Esta alta ainda não se caracteriza como uma mudança de tendência, mas faz parte deste ajuste do mercado depois dessa quebra na safra brasileira, o mercado ainda está tateando o norte, tentando entender a dimensão dessa quebra no Brasil”, explica Barabach.

O volume de chuvas abaixo do esperado neste final de semana, segundo o analista, trouxe de volta o temor climático e de que a safra não está andando bem. “O mercado ainda pode ficar volátil em função do tamanho da safra brasileira, mas ele tende a se encaminhar, se consolidar”. Antes da chegada das colheitas, segundo Barabach, o mercado deve se manter volátil.

Sobre as vendas do café, Barabach afirma que o produtor deve observar que os preços ainda estão bons, apesar de terem perdido o patamar dos US$ 2,00 por libra-peso. “É interessante o produtor aproveitar o momento, pois hoje está mais distante o patamar de US$ 2,00 em Nova Iorque”. 

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário