ENTREVISTA: Confira a entrevista com Hamilton Jardim - Pres. Comiss. Trigo - Farsul

Publicado em 11/04/2014 09:09 276 exibições
Trigo: Aumento no preço mínimo de 5% não cobre os custos de produção e desestimula a produção do cereal. Produtores do RS esperavam reajuste de até 17%, mas Governo elevou o preço de R$ 31,86 a saca de 60 quilos, para R$ 33,45. Representantes do setor buscam mais informações para tentar negociar o valor com o governo.

1 comentário

  • Marcelo De Baco Viamão - RS

    Bom dia! É muito difícil falar de preço mínimo, quando se fala de trigo então... Complica mais! O nosso preço mínimo de R$531,00/ton. com o câmbio de R$ 2,20 representa U$241,37 no interior do RS o que nos leva (em números estimados) a R$622,40/ton. ou U$282,91/ton. O trigo americano soft, custa U$271,00/ton. O trigo russo custa U$280,00/ton, sendo que o frete dos portos do RS e PR até o norte da África custa U$40,00/ton. Então muito embora exista uma lógica no custo do plantio, respeito isto, mas estes aumentos do preço mínimo representam a retirada do trigo brasileiro do cenário internacional. Bom como os estados produtores são os maiores moageiros, isto não deveria ser problema, mas ocorre que não existe liquidez na safra e o produtor vai vender para fazer caixa, antes mesmo que o Governo, Conab, etc possam agir o mercado terá comprado trigo abaixo...será que não existe uma forma de plantar mais econômica? será que não dá para baixar os custos isentando tributos do plantio? será que não é possível mesmo mexer na navegação de cabotagem? é preferível tirar o Brasil do cenário exportador de trigo e manter a atual regra da bandeira brasileira?

    Não sou contra o preço mínimo, apenas quero chamar a atenção para o quanto ficaremos fora do mercado.

    Uma ideia me ocorre agora: O Governo/Conab, poderiam lançar contratos de opção para safra de trigo, aquilo que for exercido e exceder o estoque regulador ele vende através do PEP, isto daria mais segurança ao produtor e à Conab no sentido dos valores pagos e recebidos, diminuindo a necessidade de tanta burocracia.

    Um forte abraço aos amigos do Canal e bom final de semana!

    0