DA REDAÇÃO: Milho – Apesar das chuvas fortes, lavouras apresentam boas condições em Santa Terezinha de Itaipu (PR)

Publicado em 02/05/2014 10:26 e atualizado em 02/05/2014 15:15 531 exibições
Milho: Em Santa Terezinha do Itaipu (PR), chuvas intensas de mais de 230 mm não prejudicaram as lavouras da safrinha. Produtividade média deve atingir até 250 sacas por alqueire nesta safra. Preços giram em torno de R$ 22,00 até R$ 23,00 a saca, mas negócios estão lentos. Excesso de precipitações comprometeu lavouras de trigo e aveia.

Na última quarta-feira (30), chuvas fortes atingiram a região de Santa Terezinha do Itaipu (PR). Em menos de 24 horas, choveu cerca de 230 mm na localidade. Apesar dos altos volumes pluviométricos, as lavouras de milho safrinha não prejudicadas pelas precipitações, ao contrário das plantações de trigo e aveia.

Segundo o produtor rural do município, Fernando Langwinski, com os altos preços das sementes, não é viável aos produtores realizar o replantio das áreas atingidas. “Vamos ter que esperar até depois da colheita. Meu pai, que está na região desde 1977 conta que nunca uma situação como essa, os rios transbordaram”, afirma. 

No caso das lavouras de milho safrinha, o produtor rural destaca que as condições das plantas são boas e a expectativa de produtividade é de 200 até 250 sacas por alqueire. Já os preços da saca do cereal giram em torno de R$ 22,00 a R$ 23,00, entretanto, as vendas estão lentas, uma vez que os agricultores esperam por preços melhores. 

Além disso, a área cultivada com o milho nesta safra foi a mesma do ano anterior. Entretanto, os agricultores já estão atentos à possibilidade de geadas, especialmente durante o mês de maio. “Se acontecer uma geada poderemos ter perdas severas”, destaca Langwinski. 

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário