DA REDAÇÃO: Produção brasileira de milho deve ser menor e preços podem subir, informa FCStone

Publicado em 07/05/2014 17:28 e atualizado em 07/05/2014 19:46 975 exibições
Milho: FCStone projeta produção de 71,72 milhões de toneladas para o ciclo 13/14. Números são bem menores que os da safra passada, mas somados aos estoques remanescentes, deixam oferta e demanda ajustadas. Preços tendem a ser melhores que no ano anterior.

Produção brasileira de milho deve ficar em torno de 71,7 milhões de toneladas no ciclo 2013/14, segundo projeções da FCStone. O volume, segundo Ana Luiza Lodi, analista de mercado da FCStone, considera a safra e a safrinha e uma queda na produção da safra de verão. 

“Os preços do milho estavam bem baixos no segundo semestre de 2013... Na segunda safra também houve queda de área e em algumas regiões foi registrado menos investimento na safra de inverno devido ao preço mais baixo e nossa estimativa para a produção está em 40,87 milhões de toneladas”, explica Lodi.

Apesar de ser menor, o volume estimado para a produção deve atender a demanda do mercado interno e das exportações, segundo Lodi. “A gente está trabalhando com um volume de 20 milhões de toneladas a serem exportadas, que é um volume menor que o alcançado no ano passado que foi de 26 milhões de toneladas porque o contexto foi diferente, os EUA tiveram perdas de safra e o Brasil passou a exportar bastante”. 

Já o consumo interno deve ficar entre 53 e 54 milhões de toneladas, sem alterações em relação aos números do ano passado, segundo a analista. “A previsão para o estoque final dessa safra é menor que o da safra passada, o que favorece que os preços alcancem um nível mais alto e não fiquem tão pressionados”. 

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário