DA REDAÇÃO: Ponto facultativo em Brasília dificulta entrega de estudo da Anvisa

Publicado em 30/06/2014 14:53 e atualizado em 30/06/2014 16:01 190 exibições
Brasília: Encerra hoje o prazo para Anvisa divulgar o estudo sobre o uso do herbicida 2,4-D, que deve ter atraso por ser ponto facultativo em Brasília (DF). O uso está suspenso desde março, junto com outros herbicidas utilizados no plantio direto.

Nesta segunda-feira, nenhum servidor público em Brasília está em expediente por conta do ponto facultativo em decorrência do jogo entre França e Nigéria, que foi realizado no estádio Mané Garrincha. No entanto, hoje venceu o prazo para o compromisso que a Anvisa assumiu com o Ministério Público Federal de concluir a reavaliação sobre o herbicida 24D.

No final de março, o MPF entrou com a ação pedindo a suspensão deste e de mais 8 defensivos - incluindo o glifosato - até que este estudo fosse concluído.

De acordo com a repórter Daniela Castro, do Canal Rural, tudo indica que este estudo será entregue com atraso, uma vez que não estava concluído na última sexta (27).

Por:
João Batista Olivi // Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário