DA REDAÇÃO: Milho - Em Guaíra (PR), produtores iniciam a colheita e a expectativa de quebra é de 20% devido às chuvas

Publicado em 04/07/2014 10:53 e atualizado em 04/07/2014 14:36 764 exibições
Milho: Quebra na produtividade pode chegar a 20% devido ao excesso de chuvas em Guaíra (PR). Produtividade deve ficar próxima de 80 sacas por hectare, mas custo de produção gira em torno de 100 scs/ha. Preços da saca recuaram para R$ 18,50 na região.

Os produtores rurais de Guaíra (PR) dão início à colheita do milho safrinha. Devido às chuvas excessivas nos últimos dias, a expectativa de quebra é de 20%. Com isso, a estimativa inicial é que a produtividade média das lavouras alcancem 80 sacas por hectares.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural do município, Silvanir Rosset, os custos de produção estão mais altos nesta safra e giram em torno de 100 sacas por hectares. “Com essa média de rendimento, os agricultores irão trabalhar no vermelho nesta safra”, destaca o presidente.

E, assim como em outras regiões do país, os preços do cereal também recuaram na localidade. Atualmente, as cotações giram em torno de R$ 18,00 e muitos produtores não conseguiram fazer contratos futuros devido ao receio inicial em relação ao clima. “Diante dessa situação, na próxima safra, os produtores poderão até diminuir a área destinada ao cereal”, destaca Rosset.

Trigo

Em Guaíra (PR), os produtores fizeram o plantio mais cedo e as chuvas registradas na localidade não comprometeram a produção. Boa parte da produção está em fase de embuchamento e perfilhamento. 

Apesar do cenário, os produtores estão desanimados com a medida do Governo em retirar a TEC para importação de 1 milhão de toneladas de trigo, fora do Mercosul até o dia 15 de agosto. “Nós acabamos elevando os custos de produção, pois investimos mais nas lavouras, fazemos a nossa parte e o governo libera a importação e prejudica todo um setor”, diz o presidente.

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário