DA REDAÇÃO: Cooperativas são formas eficientes de unir pequenos produtores para negociar com grandes, diz presidente da Cooxupé

Publicado em 04/07/2014 13:18 e atualizado em 04/07/2014 14:39 790 exibições
Cooperativismo: A fórmula para o produtor enfrentar as grandes concentrações do mercado é a união em torno de uma cooperativa. Aonde tem uma cooperativa forte, a região é forte economicamente. É o caso da cafeicultura, que consegue amenizar os efeito da crise de preços da saca de café.

No Dia Internacional do Cooperativismo, o presidente da Cooxupé, Carlos Paulino, destaca que a cooperação é uma maneira eficiente de juntar pequenos produtores e transformá-los em uma grande empresa para negociar em igualdade com as outras.

A Cooxupé, que conta com 12 mil cooperados, trabalha com os quatro pilares essenciais da cooperação, que visam respeitar a livre adesão dos cooperados, a livre saída, a eleição democrática dos dirigentes e a distribuição dos resultados de acordo com a participação de cada um.

"Somente a junção das pessoas podem formar grandes comunidades", diz Paulino, em entrevista ao Mercado & Cia., do Canal Rural. "A cooperativa é a tábua de salvação desses pequenos proprietários. A região que possui cooperativas tem um padrão de vida maior".

Por:
João Batista Olivi // Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

2 comentários

  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Também comungo com o mesmo pensamento do Telmo..."União das Cooperativas Brasileiras", poderia ser criada para aglutinar as forças das cooperativas espalhadas por todo território Nacional...

    0
  • Telmo Heinen Formosa - GO

    A melhor forma para enfrentar o chamado "Capitalismo Selvagem" não é o SOCIALISMO como o PT errôneamente pensa. É o COOPERATIVISMO! [Seja de crédito, seja de produção].

    0