DA REDAÇÃO: Mercado doméstico compensa produtores de soja com altos prêmios

Publicado em 28/07/2014 13:54 e atualizado em 28/07/2014 15:45 727 exibições
Soja: Preços em alta forte em Chicago, resultado da demanda firme da China. Com prêmios no porto, soja brasileira continua acima de 14 dólares/buschel. Mesmo com previsão de safra grande nos EUA, perspectiva é de renda para sojicultores no Brasil na safra 14/15.

Apesar do recuo no mercado internacional, o mercado doméstico no Brasil compensa os produtores com os altos prêmios, mesmo que estes prêmios sejam interiores aos picos das outras temporadas. È o que aponta o consultor de mercado Flávio França Jr., em entrevista ao Mercado & Cia., do Canal Rural.

O consultor recomenda, portanto, que os produtores com necessidade curta de venda aproveitem este momento para realizar suas vendas. Com um relatório positivo de embarques, sobretudo para a China, a demanda traz sustentação ao mercado, apesar de ser a escassez de oferta que dita os preços - fazendo, assim, como que o suporte seja de médio a longo prazo. "Não dá para esperar ainda grandes altas", lembra, salientando que a colheita ainda não foi iniciada nos Estados Unidos.

A safra nova brasileira se encontra com um baixo volume de vendas - menos de 10%, de acordo com França. No entanto, ele lembra que ainda há tempo para os grãos serem vendidos. Por enquanto, o nível de Chicago não se mostra empolgante, mas a recomendação é que os produtores façam a conta em reais.

O levantamento atual feito pelo consultor mostra que a queda de preço não irá refletir na diminuição da área para a soja - pelo contrário, há uma tendência de safra recorde com avanço sobre o milho e áreas de pecuária.

Por:
João Batista Olivi // Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário