DA REDAÇÃO: Cacau – Epidemia de ebola gera especulações sobre importações do produto

Publicado em 25/08/2014 19:35 e atualizado em 26/08/2014 13:41 256 exibições
Cacau: Mercado teve alta na Bolsa de Nova York, mas a epidemia de ebola movimenta especulações para a commodity. Há o temor que o fechamento dos portos pode interromper a importação da amêndoa, inclusive para o Brasil.

A epidemia de ebola no continente africano gerou especulações em torno do cacau produzido naquela região, alguns especialistas temem que o fechamento dos portos pode dificultar as importações da amêndoa para outros países, inclusive o Brasil.

No entanto, segundo o analista de mercado internacional do cacau, Thomas Hartmann, a epidemia não deve afetar a produção. "É muito pouco provável que a ebola exerça influência negativa sobre a produção de cacau, por enquanto nenhum produtor foi atingido pela doença. Os casos estão em hospitais longes das zonas produtoras", afirma. 

De acordo com o analista a proibição do produto também está descartada, o que pode acontecer seriam atrasos devido ao fechamento das barreiras a fim de inibir a propagação da doença. "Eu acho impossível a proibição de exportação e não há motivo para isso porque a causa seria a doença, mas ela não é transmitida através de produtos, ela se propaga apenas por contato direto", disse Hartmann em entrevista ao programa Mercado & Cia.

Por:
João Batista Olivi // Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário