DA REDAÇÃO: Trigo – Produtores do Paraná estão vendendo trigo com preço abaixo do mínimo

Publicado em 26/08/2014 14:51 e atualizado em 26/08/2014 18:14 313 exibições
Trigo: Custos de produção estão muito próximos dos preços mínimos estipulados pelo governo com o avanço da colheita no PR. Em Guarapuava, valores já estão abaixo do mínimo e preocupa produtores. Além disso, ainda há trigo remanescente da safra anterior para ser comercializado.

Os custos de produção do trigo no Estado do Paraná estão muito próximos do preço mínimo estipulado pelo governo em R$ 557,50 a tonelada e desanimando os produtores. Na região de Guarapuava-PR ainda há trigo remanescente da safra anterior para ser comercializado.

Segundo o Presidente do Sindicato Rural de Guarapuava-PR, Rodolpho Botelho, a safra atual está diferente de 2013, quando o preço do trigo foi interessante e as regiões tiveram boas produções, porém neste ano a realidade é outra.“O mercado está complicado e na mão de grandes empresas, o governo federal não tem um plano agrícola de médio e longo prazo. Nós produzimos de 50 a 65 por cento da nossa necessidade e o restante precisa ser importado, teríamos um potencial de produção bem maior se tivesse estabilidade nesse mercado”, afirma.

De acordo com Botelho, o preço em Gurupava-PR está na casa dos R$ 500 a tonelada, não remunerando o produtor devidamente, visto que o mínimo previsto pelo governo é de R$ 557,50. No ano passado o preço chegou a ser negociado por R$ 800 a R$ 900 a tonelada.

“Com esses valores, o trigo por ser uma cultura de alto risco não está remunerando os produtores, ainda que o Brasil precise importar quase 5 milhões de toneladas e a produção seja de 7 milhões”, explica.

Ainda segundo Botelho, na região ainda há trigo em estoque da safra anterior e que não foi comercializado desanimando ainda mais os produtores.

Por:
João Batista Olivi // Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário