DA REDAÇÃO: Soja – Em Boa Vista (RR), agricultores iniciam a colheita e saca é negociada ao redor de R$ 60,00

Publicado em 23/09/2014 11:32 e atualizado em 23/09/2014 15:32 463 exibições
Safra 2014/15: Em Boa Vista (RR), produtores iniciam a colheita da soja. Com chuvas irregulares, primeiros relatos dos campos indicam queda na produtividade para 50 sacas por hectare, contra 60 sacas previstas inicialmente. Preços também baixaram de R$ 74,00 para R$ 60,00 ou R$ 63,00, valores deixam margem ajustada aos produtores, considerando os altos custos de produção.

Ao contrário do restante do país, que inicia o plantio da soja da safra 2014/15, em Boa Vista (RR), os agricultores começaram a colheita da oleaginosa. Os produtores acompanham o calendário de plantio e colheita do Hemisfério Norte. E, até o momento, o clima tem se mantido favorável aos trabalhos nos campos.

Entretanto, no final da fase de enchimento de grãos, as chuvas na região não foram regulares, situação que afetou a produtividade das lavouras. De acordo com o produtor rural e diretor administrativo da Cooperativa Grão Norte, Afrânio Vebeer, os primeiros relatos indicam rendimento médio de 50 sacas por hectare, contra 60 sacas por hectare previstas inicialmente.

“Ainda assim, podemos considerar como um resultado positivo, visto que temos muitas áreas novas na região. Já os preços da saca da oleaginosa caíram de R$ 74,00 a R$ 75,00 para R$ 60,00 a R$ 63,00. Se compararmos com outras localidades, o valor não é ruim, porém, temos muitas áreas de abertura, que exigem um investimento maior e também os investimentos feitos pelos produtores em maquinários”, explica o diretor. 

Diante desse cenário, os agricultores irão depender da produtividade das lavouras para garantir uma margem positiva nesta safra. E boa parte da soja produzida na região é destinada à Rússia, também há interesse de mercados europeus. “Mas com a queda nos preços, o pessoal está mais resistente e não sei se conseguiremos a abertura de novos mercados. Temos a Venezuela que também está interessada no nosso produto”, destaca Vebeer.

Após a colheita da soja, nas áreas normais e sem irrigação, os agricultores irão investir em braquiária para engorda do gado. Já nas áreas com irrigação, o investimento será feito na cultura do algodão. 

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário