EXCLUSIVO: Estiagem em Minas Gerais preocupa cafeicultores e castiga as plantas

Publicado em 13/09/2010 13:41 e atualizado em 13/09/2010 16:44
511 exibições
Café: clima seco continua assustando os produtores da região da Cooparaíso. O déficit hídrico já provoca a murcha permanente, secando os ramos. Preços mantem a alta nas Bolsas.

 

O clima continua assustando os cafeicultores de Minas Gerais, especialmente da região da Cooparaíso. As chuvas que estão previstas apenas para o próximo dia 23 provoca déficit hídrico no solo, causando a murcha permanente das plantas, secando os ramos. Enquanto isso, os preços se mantêm em alta nas principais bolsas do mundo.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

O gerente de gestão do agronegócio da Cooparaíso, Marcelo Almeida relata que as folhas estão perdendo muita água com a falta de chuvas, com isso, falta nutrientes para o seu desenvolvimento. A murcha permanente prejudica os cafezais para a próxima safra.

 

Apesar do castigo que o clima está pregando na cafeicultura mineira, o momento é muito bom para o produtor, no entanto, ainda é impossível liquidar as dívidas do passado. O gerente aconselha o cafeicultor a administrar seus ganhos, calculando minuciosamente seus planos com adubação do próximo ano.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário