EXCLUSIVO: Apesar de pressionado, o mercado do boi gordo tem fundamentos suficientes para maiores altas

Publicado em 14/09/2010 13:25 e atualizado em 14/09/2010 14:38
479 exibições
Boi gordo: mercado futuro na BM&F sofre pressão sobre os preços, depois do indicador Cepea mostrar recuo no fechamento da segunda-feira. Mas os fundamentos são de preços maiores com a diminuição da oferta.

 

O mercado do boi gordo abriu as negociações hoje do mercado futuro na BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) com forte pressão sobre os preços depois de o indicador Cepea de ontem mostrar recuo no fechamento da segunda-feira. Em contrapartida, a Assocon (Associação Brasileira dos Confinadores) revisou o volume de animais confinados nesta safra e aponta redução de 30% no ciclo de 2010.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Sendo assim, é possível que o mercado enxergue a diminuição ainda maior da oferta como fundamental para elevar ainda mais os preços no mercado físico e também no futuro, já que a seca nas principais praças do centro-oeste impede a engorda dos animais pelos pecuaristas.

 

Para a analista da XP Investimentos, Lygia Pimentel, o mercado físico se mantém muito firme e as só reforçam a tendência de novas altas.

 

São Paulo trabalha hoje sob o preço referência de R$ 91,00 à vista e Mato Grosso do Sul entre R$ 87,00 e R$ 87,50.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário