EXCLUSIVO: Mercado futuro do boi gordo fecha negativo na BM&F, mas mercado é firme

Publicado em 10/11/2010 19:02
784 exibições
Preços do boi gordo permanecem em alta nas praças mais importantes. No MS houve negócios à vista na faixa de R$ 110,00, enquanto em SP a arroba bateu em R$ 115,00. Mesmo assim o mercado futuro aponta preços negativos mais à frente.

 

Enquanto o mercado físico do boi gordo continua em alta, com negócios a até R$ 116,00 <?xml:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em São Paulo, a BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) fechou o vencimento novembro no vermelho. Apesar da realização de lucros, o mercado segue em alta e nas mãos do consumidor que pode se recusar a pagar mais pela carne bovina no supermercado.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Segundo Élio Micheloni Junior, corretor da Icap Corretora, a fundamentação para o movimento do mercado futuro de hoje se dá após o indicador ESALQ registrar que as escalas dos frigoríficos aumentaram para seis dias com um aumento pontual na oferta de animais por parte dos pecuaristas.

 

No Mato Grosso do Sul, negócios aconteceram a até R$ 110,00 à vista. Micheloni acredita que o mercado mantenha-se muito firme já que a escassez de oferta de animais terminados para abate é um problema para os frigoríficos, bem como, ao período do confinamento terminou e as pastagens ainda não se recuperaram da estiagem.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário