EXCLUSIVO: Oferta elevada de mandioca pressiona cotações; preços recuam mais de 3% em uma semana

Publicado em 16/05/2011 12:14 e atualizado em 16/05/2011 13:35 432 exibições
Mandioca: safra começa e oferta de raiz aumenta consideravelmente. Preços recuam mais de 3% em uma semana e rompem o piso de R$200,00/tonelada.

Com a chegada do período de safra nas regiões produtoras, a oferta de mandioca para a indústria manteve-se elevada nas praças acompanhadas pelo Cepea ao longo das últimas semanas. Com isso, já foi possível sentir a pressão negativa sobre as cotações no período. O preço médio do último fechamento do indicador Cepea foi de R$ 196,71 por tonelada, rompendo o piso dos R$200,00/ tonelada, registrando uma queda de 3,3% frente a samana anterior.

De acordo com o pesquisador do Cepea, Fábio Isaías Felipe, o aumento de oferta e a situação atual de pressão do mercado já eram esperado. Para ele, a elevação da oferta da raiz deve continuar até que haja um ajuste à real demanda da indústria. O pesquisador explica que, com as recentes quedas nos preçoas da mandioca, compradores de fécula e farinha estão mais retraídos em relação às compras na expectativa de que os preços caiam ainda mais, fator este que deixam os estoques das indústrias maiores e compromete ainda mais as cotações.

Fábio acredita que a oferta continuará elevada pelo menos nos próximos 45 dias. "Sabe-se, porém, que há uma menor disponibilidade de raiz de segundo ciclo. Isso aí em mais 45 dias pode diminuir e com isso haver um equilíbrio maior entre demanda e oferta", conclui.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário