DA REDAÇÃO: Com oferta apertada, preços do boi gordo voltam a subir em algumas praças pecuárias

Publicado em 26/07/2011 12:57 e atualizado em 27/07/2011 08:04 658 exibições
Boi: preço referência no mercado físico volta a subir em SP, MS e MT. Estão faltando animais prontos para abate no momento em que o varejo vai às compras para repor estoques e atender possível aumento de consumo no início do mês.
No mercado do boi gordo, a pressão de alta continua em função da baixa oferta de animais. O preço referência em São Paulo subiu e está em R$ 99,00/@, à vista, livre de imposto. As cotações também saltaram em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, onde os negócios já acontecem em torno dos R$ 88,00 e R$ 94,00/@, respectivamente. As escalas de abate estão curtas e atendem em média de 2 a 3 dias.

Segundo o analista de mercado da Scot Consultoria, Hyberville Neto,  os frigoríficos não estão aceitando muito bem as altas nos preços da arroba. "Porém, perto da pressão de baixa tentando segurar os preços da última semana, o mercado está mais receptivo às altas", comenta.

Para a próxima semana espera-se que o consumo ganhe fôlego com o início do mês. O varejo deve recorrer ao atacado para repor seus estoques, aumentando a demanda também no mercado atacadista. Portanto, considerando a oferta curta tanto de boi e consequentemente no atacado, pode ser que ocorram reajustes positivos nas próximas semanas.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário