DA REDAÇÃO: Bom desempenho das exportações do suco de laranja pode garantir ganho maior aos contratos vinculados a LEC

Publicado em 09/08/2011 13:07 e atualizado em 09/08/2011 17:48 489 exibições
Suco Laranja: representante das indústrias explica que os atuais R$10,50 pagos pela caixa de laranja para os contratos vinculados a LEC podem aumentar, dependendo do desempenho das exportações.
A Linha Especial de Crédito (LEC) para a citricultura, criada pelo governo federal com objetivo de estocar suco de laranja, estabelece que o pagamento mínimo ao produtor deva ser de R$10 por caixa de 40,8 kg. Além disso, as indústrias acrescentam uma participação mínima no valor de R$0,50, totalizando um ganho de R$ 10,80 por caixa. O objetivo é a redução da volatilidade do preço da laranja, regulando a oferta do suco no mercado, diante das estimativas de safra maior no Brasil em 2011/12. O bom desempenho das exportações do suco de laranja deve garantir um ganho maior aos contratos vinculados a LEC.

Um dos grandes desafios da cadeia citrícola brasileira é que o setor é muito dependente das taxas cambiais para a exportação. No cenário atual, o dólar baixo tem prejudicado a receita em reais do exportador de suco de laranja brasileiro.

Os contratos de exportações com valores entre 2.500 a 2.700 dólares por tonelada da fruta não garantem remuneração satisfatória à indústria. Segundo Christian Lohbauer, Presidente da CitrusBR, o ideal seria o patamar dos 3.500 por tonelada, com uma taxa de câmbio mais alta, porém, com tal prática, a concorrência com outros sucos e bebidas, lançadas cada vez com uma maior frequencia e que vêm ganhando espaço no mercado, pode ficar ainda mais acirrada.

Ainda assim, Lohbauer não acredita em desaquecimento da demanda, a princípio, mesmo com as incertezas sobre o futuro da economia mundial. Isto porque o suco de laranja já é um item bastante importante na dieta dos países europeus e dos Estados Unidos, maiores importadores.

O desempenho das exportações deve ditar o rumo dos preços ao produtor interno. Se o resultado dos embarques for realmente satisfatório, os atuais R$10,50 pagos pela caixa de laranja para os contratos vinculados a LEC podem aumentar.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário