DA REDAÇÃO: Produtor de batata e cebola sofre com grande oferta no mercado

Publicado em 27/10/2011 11:15 e atualizado em 27/10/2011 12:28 270 exibições
Hortifrutis: maior oferta de batata e cebola puxa preços para baixo. Já produtor de tomate vive bom momento com preços firmes. Preços da banana estão em baixa, mas custo pequeno custo de produção garante rentabilidade média para produtor.

O economista do Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) comenta como está o mercado para as principais hortifrutis.

Batata – Há muita oferta no mercado, pois o clima colaborou e grandes regiões produtoras, como São Paulo, Paraná e Minas Gerais colheram grandes volumes, o que resultou em uma redução acentuada nos preços. Hoje, os preços finais giram em torno dos R$0,80 a R$1 com repasse para o produtor de em média R$0,40, o que é muito próximo ao custo de produção. A chegada do verão e a entrada das chuvas devem reduzir volume de batata ofertada e estabilizar os preços.

Cebola – As colheitas das safras na região sudeste aumentam a oferta e puxam os preços para baixo. Produtor deve receber de R$0,40 a R$0,50, valor próximo ao custo de produção. O cenário deve mudar nos próximos 30/40 dias, período de intervalo entre a colheita no sudeste e no sul do país, que deve diminuir a oferta e elevar os preços.

Tomate – Momento positivo para o produtor. Preço final que normalmente nesta época do ano é mais baixo, hoje está por volta de R$2,50 no final. Com repasses maiores, rentabilidade do produtor também aumenta. Início do período de chuvas e altas temperaturas devem influenciar na qualidade do produto e no volume de oferta. Assim, preços devem subir e remuneração deve melhorar para o produtor.

Banana – Produtor passou por período difícil com as fortes chuvas que atingiram o Vale do Ribeira. Em julho os preços estavam bem altos, mas agora seguem em queda. No entanto, produtor continua tendo remuneração razoável, pois custo de produção é menor.

Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário