Frango perde competitividade em relação à carne bovina e diferença de preço entre eles é a menor desde outubro de 2014

Publicado em 02/09/2016 14:25 e atualizado em 02/09/2016 15:02
199 exibições
Na média de agosto, o preço do frango inteiro resfriado ficou apenas 4,97 reais abaixo do da carcaça casada bovina – ambas no atacado da Grande São Paulo

Com a elevação de preço em agosto, a carne de frango tem perdido competitividade frente à proteína bovina. De acordo com levantamento do Cepea, na grande São Paulo, a atual diferença é de R$ 4,97 na comparação entre o frango resfriado e a carcaça bovina casada.

Neste mês, além da recuperação da cotação no atacado, a pesquisadora do Cepea, Camila Ortelan, lembra que também houve um recuo nos preços da carne bovina, colaborando para o aumento na relação. "A diferença entre a carne bovina e a de frango é uma das menores desde outubro de 2004", acrescenta.

Em agosto, o quilo do frango inteiro resfriado foi cotado na média de R$ 4,42 no atacado da Grande SP, alta de 8,1% em relação a julho. Já a carne bovina vem se desvalorizando desde janeiro.

Ortelan explica que a demanda firme no mercado interno [mesmo com os reflexos da crise econômica] e nas exportações, beneficiou a composição de preços do atacado. "Na oferta, também houve um ajuste por parte do setor", destaca.

Para a analista, a redução da competitividade não deve comprometer a demanda, já que "de certa forma a carne de frango ainda é favorecida por ser a opção mais barata."

Por: Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário