Com 91% da área plantada, Paraná espera aumento na produção de trigo após dois anos ruins

Publicado em 28/06/2019 11:17
126 exibições
Estado vem de dois anos com seca no inverno e produções de 2,2 e 2,8 milhões de toneladas (2017 e 2018) e agora, com previsão de inverno dentro da normalidade, expectativa é de 3,2 milhões para esta safra de trigo.
Carlos Hugo Godinho - Engenheiro Agrônomo do Deral

Podcast

Entrevista com Carlos Hugo Godinho - Engenheiro Agrônomo do Deral sobre o Panorama do Trigo no Paraná

Download

 

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira (28), o Notícias Agrícolas conversou com Carlos Hugo Godinho, engenheiro do Deral, sobre o panorama da safra de trigo no estado do Paraná.

Os trabalhos estão se encaminhando para a reta final, com um período seco depois de chuvas volumosas. O plantio está em 91%, em uma situação parecida com a do ano passado, como aponta Godinho. A expectativa é de que os trabalhos se encerrem em julho, embora haja algumas poucas áreas restantes que são plantadas em agosto nessa região.

De maneira geral, as chuvas amenizaram a situação em alguns municípios que receberam poucos volumes durante o plantio. Assim, 95% das lavouras se encontram em boas condições, diante de um inverno dentro da normalidade - ou seja, não há perspectiva de geadas no curto prazo.

A área total é de 1 milhão de hectares, com a expectativa de uma colheita de 3200kg por hectare e uma produção de 3,2 milhões de toneladas. O número, como aponta o engenheiro, é melhor do que no ano passado.

O produtor de trigo não teve tanto ânimo para plantar por conta de um preço menor para estável, mas Godinho acredita que, com o clima mais benéfico, possa haver um incremento de área no Sul do estado.

Por: Guilherme Dorigatti e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário