Atenção para a América do Sul: safra de soja pode chegar a 190 milhões de toneladas

Publicado em 19/12/2019 15:49 e atualizado em 19/12/2019 18:38
4582 exibições
Para sair do risco a recomendação é fazer hedge, diz o analista Ginaldo de Sousa
Ginaldo de Sousa - Diretor Geral do Grupo Labhoro

Podcast

Safra na América do Sul - Entrevista com Ginaldo de Sousa - Diretor Geral do Grupo Labhoro

Download

LOGO nalogo

A safra de soja na América do Sul deve girar em torno de 190 milhões de toneladas, é o que afirma Ginaldo de Sousa, do Grupo Labhoro. Mesmo com problemas climáticos pontuais, a safra brasileira deve ser de 120 milhões de toneladas. Já a safra Argentina, mais problemática por falta de chuvas, deverá ficar entre 50 e 55 milhões de toneladas. No Paraguai, a produtividade deverá ficar em torno de 10 milhões de toneladas e o Uruguai deverá produzir de 2 a 3 milhões de toneladas.

Caso o acordo entre os Estados Unidos e a China avance, a demanda chinesa irá se concentrar na soja americana. Isso poderá afetar tanto no preço Chicago quanto nos prêmios brasileiros, mas segundo Ginaldo, o mercado encontrará um equilíbrio e essas mudanças deverão se estabelecer.

No Brasil, o dólar segue com viés de baixa, o que poderá tirar a lucratividade dos produtores. Para se proteger dessas variações, Ginaldo recomenda vender parte da produtividade no mercado físico, mas participar também das opções a futuro.

Acompanhe a entrevista completa no vídeo acima.

Foto em Nova Andradina (MS). Envio do Eng Agrônomo João Guilherme Viola

Foto em Nova Andradina (MS). Envio do Eng Agrônomo João Guilherme Viola

Veja também:

Mais um dia técnico em Chicago e soja realizando lucros. Mas cenário segue favorável para os preços do grão

Soja: Mercado segue estável e precisa de mais detalhes para voltar a se posicionar

USDA: Vendas semanais de soja e milho dos EUA vêm fortes, acima de 1 mi de t

Por: João Batista Olivi e Ericson Cunha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário