No RS, cerca de 30% da uva já foi colhida e produtividade média está próxima de 25 toneladas

Publicado em 20/02/2017 11:20 e atualizado em 20/02/2017 16:47
272 exibições
Clima tem contribuído para a evolução dos trabalhos nos campos. Safra é projetada em 650 mil toneladas da fruta nesta temporada. Número está bem acima do registrado no ciclo anterior, de 300 mil toneladas. Preços continuam elevados e estão acima dos custos de produção. Uva Isabel é negociada a R$ 1,00 o quilo.

O clima tem contribuído e a colheita da uva já chega a 30% no Rio Grande do Sul. E, ao contrário do ciclo passado, a perspectiva é favorável para essa temporada em relação à safra. A projeção é uma safra próxima de 650 mil toneladas da fruta e, por enquanto, o rendimento médio gira em torno de 20 a 25 toneladas de uva por hectare.

No ano anterior, a safra ficou ao redor de 300 mil toneladas da fruta. Segundo o diretor executivo da Agavi (Associação Gaúcha de Vinicultores), Darci Dani, na temporada passada, os produtores enfrentaram problemas com as geadas tardias e o excesso de chuvas no momento da floração, o que acabou reduzindo a produção.

“Temos um ano mais otimista, inclusive no caso dos preços. Acreditamos que a renda dos produtores será maior nessa safra, o que poderá repor alguma perda do ano passado. O quilo da Isabel, que é a variedade mais cultivada na nossa região, é cotada ao redor de R$ 1,00. Já a bordô é negociada a R$ 1,50 o quilo. Outras variedades destinadas à produção de vinho são comercializadas entre R$ 3,00 a R$ 4,00 o quilo”, ressalta o diretor executivo.

Ainda conforme destaca Dani, os valores cobrem os custos de produção aos produtores rurais. “E estamos apostando em uma melhora na demanda. A crise que abate o país ainda é forte e boa parte da população ainda está desempregada. E todo esse cenário impacta nos nossos consumidores de vinho”, completa. 

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário