Indústrias devem produzir mais suco de laranja com menor demanda pela fruta no mercado de mesa. Estoques para 2016 ficam menores

Publicado em 30/07/2015 12:26 e atualizado em 30/07/2015 15:12
529 exibições
CitrusBr eleva previsão de produção de suco de laranja no Brasil e conta com menor demanda pela fruta no mercado de mesa. Mas estoques para 2016 ficam menores

A nova estimativa da CitrusBR (Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos) prevê que a produção de suco de laranja congelado e concentrado do Brasil deverá atingir 888,8 mil toneladas na safra 2015/16, 10% a mais do que a projeção realizado em maio deste ano.

Segundo Ibiapaba Netto, diretor executivo da associação, mesmo com a elevação na projeção a produção de nesta safra ainda é baixa se comparada a outras temporadas, o que é positivo para o setor, já que os estoques de passagem vêm altos a alguns anos.

Com isso, "acreditamos que na próxima safra os estoques de suco de laranja caia 330 mil toneladas, abastecendo ainda cerca de 16 semanas", afirma Netto. A redução dos estoques é fundamental uma vez que a demanda, estimada em 1,07 milhão de toneladas, não demonstra sinais de reação.

Um dos motivadores para o aumento da projeção é a demanda do mercado de mesa que não deve absorver o total esperado. Em maio do ano passado o Fundecitrus (Fundo de Defesa do Citricultor), por meio do Projeto PES, divulgou estimativa para a safra 2015/16 para São Paulo e Triângulo Mineiro em 278,9 milhões de caixas de laranja de 40,8 quilos. A CitrusBR estima que desse total, 30 milhões de caixas serão absorvidas pelo mercado interno para o consumo de frutas in natura, restando 248,9 milhões de caixas para processamento por todas as indústrias associadas e não associadas à CitrusBR, 13% a mais do que o estimado em maio de 2015.

Outro fator é a piora no rendimento industrial, inicialmente a projeção era da utilização de 270 caixas para fabricar uma tonelada de suco, mas por questões climáticas, esses valores foram revistos para baixo. Atualmente espera-se dispor de "16,5% a mais para fazer a mesma quantidade de suco de laranja", afirma Netto.

A CitrusBR também estima para a temporada 2015/2016 uma demanda total de 1.070 toneladas de suco de laranja concentrado congelado, em torno de 8,7% abaixo do registrado no ano-safra anterior. Da demanda total prevista estima-se que 1.015 toneladas serão exportadas e 55.000 toneladas destinadas ao mercado interno. A retração estimada tem como base os altos estoques reportados pelo Departamento de Citrus da Flórida (FDOC), 13% superior do que o registrado na mesma data do ano anterior, diminuindo a necessidade de suco importado para o consumo americano.

Tags:
Por: Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário