Vídeo de produtor de leite viraliza nas redes sociais e expõe dura realidade de quem produz sem nenhuma garantia de renda

Publicado em 05/12/2018 14:05 e atualizado em 05/12/2018 16:04
2240 exibições
Produtor do RS explica as dificuldades enfrentadas na atividade leiteira com a concorrência desleal do produto importado e necessidade de se produzir cada vez mais sem ter garantia de renda
Cireneu Verginassi - Produtor Rural de Saldanha Marinho/RS

Podcast

Queda aos preços do leite ao produtor - Cireneu Verginassi - Produtor Rural de Saldanha Marinho/RS

Download

LOGO nalogo

Após ficar indignado com o recuo nas cotações de leite de R$ 0,40 centavos por litro em dois meses, o produtor rural do município de Saldanha Marinho/RS, Cireneu Verginassi, gravou um vídeo relatando a dificuldade de manter na pecuária leiteira e da falta de incentivo por parte dos governantes.

Atualmente, o produtor rural conta com 47 animais que produzem em torno de 1.380 litros de leite por dia. “A média gira em torno de 28 a 30 litros por animal a cada dia. Só que a minha estrutura cabe 70 animais e eu posso chegar a 35 litros de leite, porém não tem como investir mais devido aos preços”, comenta.

Em relação aos custos de produção, o valor do quilo da ração está mais elevado do que as referências para um litro de leite. “Hoje, não está acontecendo isso e pelo contrario nos temos que produzir bem a mais para pagar”, afirma.

As referências para o litro de leite pago ao produtor estão próximas de R$ 1,10. No entanto, esses preços não cobrem nem os custos de produção. “Para cobrir parte dos custos, as cotações devem ser de R$ 1,40 e acima desse valor remunera os produtores”, aponta.

Confira o vídeo na íntegra:

Um fator que dificulta a atividade da pecuária leiteira é o fato do produtor rural não conseguir estabelecer o preço de acordo com a produção. “Chega no dia primeiro tem que ligar para as empresas para ter uma base do quanto vamos receber para ver se dá para pagar as contas”, ressalta.

 Verginassi salienta que o recuo nas referências é em função da concorrência desleal com a produção de leite importado do Uruguai. “Não tem outra explicação, não é correto uma coisa dessas já que nós temos que pagar muitos impostos e esse leite vem sem imposto”, pontua.

Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • ALVINO PINHEIRO Amaporã - PR

    E OS IDIOTAS INUTEIS AINDA QUEREM TAXAR OS PRODUTORES RURAIS QUE PRODUZEM O PÃO NOSSO DE CADA DIA

    0