MT tem 29 pts de bloqueio e caminhoneiros prometem aumentar enquanto governo não estender benefícios a todos os combustíveis

Publicado em 28/05/2018 13:27 e atualizado em 28/05/2018 16:38
2767 exibições
Apoio da população foi fundamental para o sucesso da paralisação e agora que o governo atendeu parte das reivindicações não é justo deixar que o povo pague a conta
Wilson Rodrigues - Pres. do Sind. dos Caminhoneiros Autônomos de Bens de Sorriso e Região

Podcast

Entrevista com Wilson Rodrigues sobre o posicionamento dos caminhoneiros

Download

 

LOGO nalogo

Wilson Rodrigues, presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Bens de Sorriso e Região, destacou ao Notícias Agrícolas nesta segunda-feira (28) que a paralisação dos caminhoneiros na região continua de forma "organizada e ordeira". Segundo ele, mais de 25 sindicatos apoiam o movimento, que tem 29 pontos de bloqueio no estado - e mais três a cinco pontos em vista.

Para ele, o acordo divulgado pelo Governo Temer não é bom. "São só promessas. É só articulação", avalia. Os caminhoneiros desejam que o combustível tenha queda de preços como um todo para que toda a sociedade seja atendida.

Ele também acredita que a população "abraçou a causa" e que o movimento "continua forte porque queremos mudar o nosso país. Não acreditamos mais em mudança por parte desse Governo", salienta.

Rodrigues diz que, mais do que negociar diretamente com as lideranças que estão dentro do movimento, o Governo têm de atender às pautas já apresentadas pelo setor anteriormente.

Neste momento, não há obstrução de pista no estado.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário