Anvisa comete equívoco ao proibir a utilização do Benzoato de emamectina no controle da helicoverpa armígera, diz pesquisador Unicamp

Publicado em 18/12/2015 15:50
2733 exibições
Ratos testados para conclusão dos estudos não possuem as mesmas proteínas que protegeriam humanos de problemas neurotóxicos

2 comentários

  • Eduardo Lima Porto Porto Alegre - RS

    Excelente entrevista do Dr. Angelo Trape. Em junho de 2013, publiquei um Artigo por aqui que tratava justamente disso (http://www.noticiasagricolas.com.br/artigos/artigos-principais/123376-controle-da-lagarta-helicoverpa---custo-hectare-num-pais-serio.html#.VncXxjaTbJ8).
    Na China, o Benzoato vendido na mesma qualidade do que é comercializado por aqui sai ao redor de USD 13,00/kg.
    A ANVISA é além de INCOMPETENTE, atua de maneira tendenciosa orientada pela Ideologia cretina do PT e de ONG's de esquerda. A ANVISA deveria ser totalmente reorganizada e até mesmo extinta, pois se trata de um balcão de negócios que já foi largamente denunciado. Vendem-se registros, criam-se barreiras à concorrência, mudam-se as especificações de produtos consagrados em mercados desenvolvidos, barra-se o ingresso de medicamentos que poderiam salvar milhares de vidas, etc,
    O custo ANVISA é muito conhecido no setor de Saúde, na Agricultura e em outras áreas que essa autarquia mete a pata.
    Tenho a impressão que os efeitos deletérios causados pela ANVISA durante o Governo do PT podem ser piores do que os causados na Petrobrás. A dificuldade nesse caso é que se trata de uma quantidade enorme de danos "difusos". É de se discutir seriamente a viabilidade dessa Autarquia que gera muito mais problemas do que soluções para o Brasil. Sai muito mais barato seguir os padrões americanos e europeus, eliminando essa burocracia que é no mínimo inútil, para não dizer outra coisa.

    2
  • Marcelo Luiz Campina da Lagoa - PR

    Já disse aqui e vou repetir: na Europa , o benzoato tem registro para alface e tomate, com carência de 3 dias. Eles praticamente comem benzoato. Mas aqui, a Anvisa proibiu. Ou melhor, mandaram a Anvisa proibir. Espero que , de posse dos dados deste pesquisador, que merece uma medalha, a Aprosoja entre na Justiça para pedir a revisão da normativa que proibiu o benzoato.

    0
    • CÁCIO RIBEIRO DE PAULABELA VISTA DE GOIÁS - GO

      Isso mesmo, Marcelo Luiz. La ele(BENZOATO) e registrado pela Syngenta.

      0
    • JOÃO ALVES DA FONSECAPARACATU - MG

      A ANVISA neste caso deve estar levando uns bons pixulecos pra nem sequer refazer os testes,testes estes já feitos nos EUA,Japão e Europa e aprovados por suas exigentíssimas agências...O que pode estar por detrás de tudo isto são as nossas "sócias" produtoras de agroquímicos que verão seus produtos paliativos deixar de ser galinhas de ovos de ouro...Vou dar um exemplo US$13,00 por R4,00 significa R$52,00 mais impostos e logística dobra ,com 20G/ha é igual R$2,00 por ha tratado,hoje nos empurram produtos que custam R$60,00 ou 1 sc de soja por aplicação,sem contar os tais 7,5% descontados na moega ,no caso de tecnologia intacta...A lógica destas empresas não é custo + pesquisa+ lucro justo é igual a preço a ser cobrado,mas sim o quanto podem esfolar e tirar do cliente,ou seja o máximo suportado por ele...Para rememorar a todos lembro aos senhores e senhoras que a abamectina chegou ao Brasil custando US$400,00/L e hoje custa R$25,00,ou seja 1,56% do valor original... O caminho pra resolver isto,UNIÂO ,CONSCIENTIZAÇÂO E PRESSÂO...Saudações mineiras,uai!

      0