Comissão aprova novo limite para reserva no cerrado e pode inviabilizar produção agrícola em 75 mi/ha ou 37% do bioma

Publicado em 03/10/2018 14:03 e atualizado em 03/10/2018 15:35
1682 exibições
Entenda a proposta polêmica de uma comissão formada em grande parte por ONG's internacionais e coloca em risco o desenvolvimento do cerrado brasileiro
Rodrigo Justus de Brito - Assessor Técnico Sênior na Área de meio ambiente da CNA

Podcast

Entrevista com Rodrigo Justus de Brito - Assessor Técnico Sênior na Área de meio ambiente da CNA sobre a Reserva no Cerrado

Download

 

LOGO nalogo

Em uma reunião recente, foi discutida a revisão dos limites de reserva da biosfera no Cerrado, indicada por ONGs nacionais e internacionais indicadas pelo Ministério do Meio Ambiente. Contudo, essa nova medida poderá trazer um impacto para a produção brasileira.

Rodrigo Justus de Melo, assessor técnico sênior na área de meio ambiente da CNA, destacou que essa reserva deve ampliar a área do bioma que não poderá ter atividades econômicas de impacto, como o agronegócio.

Nessa comissão, foi aprovado que 37% de todo o bioma Cerrado entraria nessa condição. Desta forma, 18 milhões de hectares seriam afetados, extensão que pode chegar até ao estado do Paraná.

Justus ressalta que apenas os produtores rurais já possuem mais de 50 milhões de hectares de área conservada e acredita que esse fator foi deixado de lado na hora de considerar este novo projeto.

Algumas questões, como dificuldade de crédito e de infraestrutura, também precisam ser colocadas em pauta nessa discussão, na visão do assessor.

Agora, as entidades aguardam a publicação da ata para recorrer ao ministro do Meio Ambiente a respeito desse assunto para conhecer o dossiê de documentos que levaram à decisão.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário