Com clima irregular, cultivo do milho atinge 20% em Passo Fundo (RS) e algumas áreas serão replantadas

Publicado em 12/09/2018 10:47 e atualizado em 12/09/2018 15:32
548 exibições
Na última semana, região acumulou 200 mm de chuvas. Janela ideal do milho se encerra no próximo sábado (15). Perspectiva é de queda na área semeada com o grão, que deverá ser ocupada pela soja. Preço do milho está próximo de R$ 40,00 a saca. Na oleaginosa, contratos foram realizados entre R$ 82,00 a R$ 85,00 a saca.
Jair Dutra Rodrigues - Presidente do Sindicato Rural de Passo Fundo/RS

Podcast

Entrevista com Jair Dutra Rodrigues - Presidente do Sindicato Rural de Passo Fundo/RS sobre a Safra do Milho Verão

Download

LOGO nalogo

As áreas cultivadas com milho na safra de verão já atingiram 20% no município de Passo Fundo/RS. Contudo, os produtores rurais estão preocupados com as condições climáticas que comprometeu o início do plantio e algumas propriedades vão ter que fazer o replantio.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural da localidade, Jair Dutra Rodrigues, com o acumulado de 200 mm de chuvas na semana passada muitas lavouras foram prejudicadas. “Alguns produtores começaram a fazer o plantio nesta semana, mesmo com os solos úmidos. Nós pretendemos terminar o plantio no próximo dia 15 que tem mais previsões de chuvas”, afirma.

Na região, a janela ideal de plantio do milho foi do dia 15 de agosto até o dia 15 de setembro. Como as chuvas prejudicaram o cultivo do cereal e muitos produtores optaram por cultivar a soja. “Alguns produtores vão plantar após o próximo dia 15, mas sabemos que alcançar uma produtividade de 200 sacas do grão no sequeiro é muito difícil após essa janela”, comenta.

Em função das adversidades climáticas, a estimativa é que tenha uma queda na área cultivada com a cultura. “É muito complicado, pois na nossa região plantar milho é só nesta época, visto que nós não temos a safrinha”, diz a liderança.

Comercialização

Até o momento, as referências futuras para o milho estão em torno de R$ 40,00 a saca, sendo que os preços nestes patamares incentivaram os produtores a investir na cultura. “Quem acabou negociando o milho no mercado futuro vai ter plantar para cumprir o contrato”, pontua.

Soja

Na localidade, os produtores rurais vão iniciar o plantio da soja na safra 2018/19 só a partir de outubro. O presidente ressalta que os agricultores que fizeram a aquisição dos insumos alguns meses não teve a entrega dos fertilizantes comprometida. “Aqueles que atrasaram para fazer as compras dos adubos ainda não receberam, pois tem empresas que estão demorando muito para entregar e relatando que os produtos vão ser entregues em novembro”, salienta.

Por outro lado, os contratos antecipados para a soja foram realizados com preços ao redor de R$ 82,00 a R$ 85,00 a saca. “Atualmente, os valores estão próximos de R$ 83,00 a R$ 84,00, sendo que para esta época do ano os preços praticados estão em um bom patamar e remuneram os produtores”, completa.

Por: Fernanda Custódio e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário