Goiás registra incremento na área da safrinha de milho e espera produção 20% maior com 7,7 MT

Publicado em 01/03/2019 11:39 e atualizado em 01/03/2019 14:31
459 exibições
Produtores goianos esperam que boa produtividade da safrinha ajude a equilibrar as contas após safra de soja que apresenta 10% de queda com quase 60% da área já colhida.
Leonardo Machado - Analista Técnico do IFAG

Podcast

Entrevista com Leonardo Machado - Analista Técnico do IFAG sobre o Acompanhamento Safra de Soja e Milho

Download

LOGO nalogo

As expectativas dos produtores goianos estão altas para a safrinha de milho desde ano. A área plantada com o cereal deve ter uma aumento significativo no estado atingindo a marca de 1,3 milhões de hectares e a produção esperada está na casa das 7,7 milhões de toneladas, um acréscimo de 20% com relação ao ano passado.

“A produtividade nesse ano pode surpreender uma vez que, com a forma acelerada da colheita da soja, há uma aceleração no plantio do milho pegando melhores condições climáticas. Então, a nossa expectativa é que a produtividade seja mais elevada causando também um aumento de produção. No momento o preço do milho segue bastante estável, a cima dos 32/33 reais a saca”, diz Leonardo Machado, analista técnico do Ifag (Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás).

A aposta dos produtores é que esse bom rendimento do milho safrinha ajude no equilíbrio das contas para este ano agrícola, uma vez que a safra de soja em Goiás apresenta cerca de 10% de queda na produtividade com a colheita se aproximando dos 60% da área e os produtores atingindo a marca de 50/55 sacas por hectare.

Confira a entrevista completa com o analista técnico do Ifag no vídeo.

Por Guilherme Dorigatti
Fonte Notícias Agrícolas

1 comentário

  • elcio sakai vianópolis - GO

    Será que não está levando em consideração apenas o sudoeste goiano? O sudoeste goiano foi a região do Goiás menos afetada em relação ao fator climático..., tudo bem que seja a região mais representativa em relação a soja e milho, porém as outras regiões do Goiás estão tendo quebras de produtividade de soja bem mais acentuada, alguns acionando seguro... A esperança é que a soja tardia recupere o mau resultado da soja precoce, mas não acredito em quebra de apenas 10%..., estes consultores deveriam ir mais a campo e viajar pelo estado inteiro. Um formador de opinião, quando mal informado, engana a si próprio e muitos outros também.

    1