Colheita do milho safrinha se encerra em Doutor Camargo/PR e produtividades variam de acordo com as chuvas

Publicado em 07/08/2019 10:50 e atualizado em 07/08/2019 14:05
341 exibições
Regime de chuvas irregulares causou problemas para determinadas áreas de milho no município e muitos produtores não deve conseguir fechar as contas nesta safrinha. Condições climáticas já preocupam para o plantio da soja em setembro.
Ildefonso Ausec - Produtor Rural

Podcast

Entrevista com Ildefonso Ausec - Produtor Rural sobre o Acompanhamento de Safra do Milho

Download

LOGO nalogo

A colheita do milho safrinha já está encerrada em Doutor Camargo no Paraná e os resultados obtidos pelos produtores foram bastante variados, assim como também foram as chuvas durante o ciclo de desenvolvimento do cereal.

Segundo o produtor rural Ildefonso Ausec, as produtividades na região variam de 120 sacas por alqueire até 300 sacas (de 43 sacas por hectare até 109 sacas), com áreas produzindo em um nível normal, especialmente as plantadas ainda em janeiro que receberam duas chuvas a mais, e outras sofrendo com a seca.

De acordo com Ausec, muitos produtores do município não vão conseguir fechar a conta nesta safrinha com a saca do grão sendo negociada por R$ 30,00, patamar que não acompanhou o aumento do custo de produção e dos encargos tributários.

Pensando na próxima safra de soja, os agricultores realizam a compra dos insumos fechando trocas em níveis bons de 75 ou 77 reais, mas se preocupam com a questão climática. Conforme conta Ildefonso, a expectativa é realizar o plantio entre setembro e outubro, mas o tempo seco pode atrasar os planos e prejudicar a produtividade da soja e da próxima safrinha de milho.

Confira a íntegra da entrevista com o produtor rural de Doutor Camargo/PR no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário