PIB, juros , dólar, impostos, delações e o futuro do Brasil

Publicado em 16/12/2016 13:16 720 exibições
Confira a entrevista de Antônio da Luz - Economista - FARSUL
A crise econômica não começou nesse governo mas pode se agravar com o colapso político e a crise institucional

Podcast

Juros , dólar, impostos, delações e o futuro do Brasil

Download

 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    Confesso que fiquei admirado com o Antonio da Luz, e digo porque..., qual representante de entidade da agropecuária brasileira diz as coisas que ele diz até os 12 minutos mais ou menos do vídeo (vale a pena ver inteiro). Nenhum outro que se manifestou aqui no Noticias Agricolas teve um raciocinio tão certo e tão preciso como ele, nenhum percebeu tão claramente a intenção dos politicos por trás dos discursos unificados dos últimos dias. A crise é de má gestão dos recursos públicos, a crise é devida às politicas equivocadas de legislativo e executivo e não devido à lava jato, a crise é de gastança desenfreada e irresponsável dos recursos públicos junto com politicas de incentivos mais irresponsáveis e burras ainda. Vou um pouco mais longe e digo que o executivo e o legislativo tem feito um esforço maior para culpar o judiciário do que para resolver a crise politica e economica que assola o país. Se o judiciário tem problemas certamente não é o de estar combatendo a corrupção dos politicos e mega empresários. A politica dos deputados e senadores hoje é a de apontar os erros dos outros para justificar os próprios. Assistam pessoal, o vídeo é longo mas é final de semana e vai chover bastante, que Deus abençoe a todos.

    1
    • erico jose pereira da veiga cruz alta - RS

      buenas pessoal. sempre q sobra um tempo acesso aos comentários, geralmente em bons niveis. acerca da questão fora ou dentro temer, creio n ser o momento fertilizarmos a crise. já basta a dos ministros do stf. pensaram numa eleição agora, algum candidato assumiria questoes básicas como previdenciaria e trabalhista??? temer c dois anos d mandato, boa base parlamentar é o único q pode levar adiante essas reformas. os beficiados d altos salarios e os ptistas é q estão jogando pesado a favor do pior ou seja "fora temer"

      3