Renato Dias: Pesquisas mostram Bolsonaro cada vez mais forte; se a eleição fosse hoje ganharia de todos!

Publicado em 29/01/2021 15:49 1431 exibições
Tempo & Dinheiro - Com João Batista Olivi

Desmoralização para Maia -- DEM já tem assinaturas suficientes para aderir oficialmente ao bloco de Arthur Lira (Gazeta Brasil)

O ex-aliado do presidente da Câmara Rodrigo Maia, o deputado federal Elmar Nascimento já conseguiu assinaturas na bancada para o DEM aderir oficialmente ao bloco do candidato à presidência da Casa Arthur Lira. A informação é de Igor Gadelha da CNN Brasil.

Segundo o jornal, os “apoios foram colhidos eletronicamente” e o “presidente do DEM ainda tenta reverter” alegando que será “desmoralização” para Maia.

Nesta terça-feira (26), o presidente nacional do DEM, ACM Neto, disse em entrevista ao Congresso em Foco que o partido não vai punir os deputados que apoiarem Arthur Lira (PP-AL) para presidente da Câmara.

Maia é o principal articulador da campanha de Baleia Rossi (MDB-SP) a presidente da Câmara.

Bolsonaro lidera corrida para 2022; em 2º turno, empata com Moro e vence Lula

Poder360

Levantamento da empresa Paraná Pesquisas indica que o presidente Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto para as eleições presidenciais de 2022. O chefe do Executivo está na frente em todos os cenários de 1º turno, com percentuais que variam de 30,5% a 33,7%.

A pesquisa (íntegra – 528 KB) foi divulgada nesta 6ª feira (29.jan.2021). Foi realizada de 22 a 26 de janeiro de 2021, por meio de ligações telefônicas. Foram entrevistados 2.002 eleitores em 204 municípios das 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%.

Os dados mostram ainda que, em eventual disputa no 2º turno, Bolsonaro derrotaria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o apresentador Luciano Huck (sem partido). Bolsonaro empataria, considerando a margem de erro, com seu ex-ministro Sergio Moro (sem partido).

O desempenho de Bolsonaro oscilou negativamente, dentro da margem de erro, em relação ao estudo do Paraná Pesquisas publicado em dezembro do ano passado, quando variou nos cenários de 1º turno de 32,9% a 35,8%. Ele também teve menos intenções de voto em todos cenários de 2º turno. Contra Moro, a diferença que era de 10,2 pontos percentuais no mês passado, caiu para 1,5. Frente à Lula, a distância de 13,6 pontos é, agora, de 6,7.

No 1º cenário de 1º turno testado pelo Paraná Pesquisas na pesquisa divulgada nesta 6ª feira, Bolsonaro aparece 18,5 pontos percentuais à frente do 2º colocado, Sergio Moro. O presidente tem 30,5% e o ex-ministro da Justiça tem 12%. Em seguida aparecem Ciro (10,6%), Fernando Haddad (9,5%), Luciano Huck (8,1%), Guilherme Boulos, do Psol (3,5%), e João Amoêdo, do Novo (2,9%).

O levantamento também testou cenário sem Haddad e Luciano Huck; com Lula e com a ex-ministra Marina Silva (Rede). Bolsonaro lidera, com 31%, à frente de Lula, que tem 17,3%. Em seguida estão Moro (12,1%), Ciro (9,2%), Doria (5,3%), Boulos (3,6%), Amoêdo (3,3%) e Marina Silva (2,3%).

Em outro cenário, foram incluídos os nomes do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e do governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B). Não entram na disputa Lula, Moro e Marina Silva.

O presidente Jair Bolsonaro apresenta resultado melhor, com 33,7% das intenções dos votos ao Planalto. Em seguida aparece Ciro Gomes (12,1%), 21,6 pontos percentuais atrás do chefe do Executivo.

2º TURNO

A pesquisa também mostra como seriam os resultados do 2º turno. Bolsonaro vence em todos os cenários, exceto contra Moro, quando há empate técnico.

  • Cenário 1:
    • Bolsonaro – 42,4%;
    • Lula  – 35,7%;
    • não sabe – 3,4%;
    • nenhum – 18,5%.
  • Cenário 2:
    • Bolsonaro – 39,1%;
    • Moro – 37,6%;
    • não sabe – 4,5%;
    • nenhum – 18,8%.
  • Cenário 3:
    • Bolsonaro – 43,7%;
    • Ciro Gomes – 34,3%;
    • não sabe – 3,5%;
    • nenhum – 18,6%.
  • Cenário 4:
    • Bolsonaro – 44,9%;
    • Doria – 29,4%;
    • não sabe – 4,3%;
    • nenhum – 21,5%.
  • Cenário 5:
    • Bolsonaro – 42,7%;
    • Luciano Huck – 33,2%;
    • não sabe – 4,2%;
    • nenhum – 19,9%.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3
Fonte:
Poder360?Gazeta Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

2 comentários

  • Guilherme Frederico Lamb Assis - SP

    ...Como diz a piadinha do futebol: "Foi nada, Mourão... Se jogou, se jogou!!!, esperou contato, contato veio.., eu daria cartão amarelo por simulação!"... rsrsrsr ... Bolsonaro deu o amarelo merecido!

    4
  • Aloísio Brito Unaí - MG

    Muito bom! Só não dá para acreditar que o povo brasileiro ainda é tão perdido que continuamos com esses elevados números percentuais para bandidos e representantes de máfias nacionais. Não é possível que isso esteja correto, chegam a menciona-los como concorrente do presidente Jair Bolsonaro. Isso não deveria nem ser mencionado. Deveria ser crime, colocar bandidos como concorrente eleitoral. Isso me impressiona, mesmo que sejam pesquisas manipuladas. É uma vergonha. Mas... já sabemos toda a história, mudar isso tudo leva muito tempo e precisamos de educação de qualidade e sem ideologias para nossas crianças.

    4