Soja: Altas são consistentes com força da demanda e problemas climáticos em várias partes do mundo; mercado deveria voltar para US$ 12

Publicado em 26/06/2015 10:01
Soja: Altas em Chicago são consistentes com suporte na forte demanda mundial, problemas de clima em várias regiões produtoras além dos EUA e o reposicionamento dos fundos de investimentos. Mercado, segundo consultor, tem que voltar para a linha dos US$ 12,00 por bushel, que é o preço real no atual cenário. No Brasil, produtor conta ainda com o dólar, que também deve se valorizar.
Tags:

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

5 comentários

  • Liones Severo Porto Alegre - RS

    Agradeço imensamente a todos que participaram e me brindaram com seus comentários nesta entrevista ao Notícias Agrícolas..., mas o melhor presente que gostaria de receber dos produtores brasileiros é que se tornassem nossos parceiros no www.simconsult.com.br; para unir nossas forças e nossos conhecimentos... Com agradecimentos, Liones Severo.

    0
  • Lucas Borges Pizarro São João D'Aliança - GO

    Sr. Liones, gosto sempre de ouvir suas aulas-análise sobre o mercado de soja. Acompanho muitos analistas neste canal - o Notícias Agrícolas - desde sua criação. Mas poucos possuem uma atitude mental positiva e clara sobre nosso Agronegócio. Percebemos nitidamente sua paixão e propósito bem definido para Agricultura brasileira. Portanto, é um privilégio ter boas notícias em momentos de caótico pessimismo.

    0
    • Jorge Amazilio Teresani Artur Nogueira - SP

      O Sr.Liones é o unico consultor que está do lado do produtor....em relação aos outros prefiro não comentar o que penso sobre eles,seria desnecessario da mesma forma como são os seus comentarios...

      0
  • Rogerio Zart Campo Grande - MS

    Cumprimento o Liones pelas suas análises lúcidas, objetivas e corajosas. Volte sempre!!

    0
  • Felipe Loeff Chapadao do Sul - MS

    Excelente entrevista Severo, muito admiro seu conhecimento profundo da realidade do mercado, forte abraço

    0
  • João Alves da Fonseca Paracatu - MG

    Prezado Liones Severo, é bom ouvir uma pessoa com o seu conhecimento explanar as razões de suas colocações mercadológicas, todavia o melhor é ouvir o homem Liones apresentar sua defesa implacável da necessidade de o produtor em defender seu produto, sua terra, seu trabalho, sua família (em vez de depreciá-los, como fazem alguns... .Acredito que só assim cresceremos de verdade - ao invés de crescermos apenas financeiramente, parabéns. Saudações mineiras, uai!

    0
    • Dalzir Vitoria Uberlândia - MG

      Caro João Alves..O Liones realmente é um dos melhores analistas de mercado mas discordo de algumas colocações dele e te digo porque...a demanda americana bem como a mundial está estacionada diferente do que apregoam...sobre o caso de ter aumentado 4% a demanda...é simples numa safra onde ela é maior em quase 20% um demanda de a maior de 4% com relação ao ano anterior nada representa..lembro ainda que os grandes consumidores de soja são aves ..suinos..bovinos e estes etão com seus palntéis estacionados..logo a demanda só aumenta se aumentar seus consumidores..comprar ..embarcar...vender aproveitando os preços baixos não é sinônimo de aumento de consumo e por consequência aumento de demanda..

      A soja caso as chuvas voltem ao normal nos USA os seus preços voltarão próximo a 8 o buschel,por isto o produtor deve ir fazendo vendas parceladas aproveitando os picos de dólar e Chicago...

      0
    • João Alves da Fonseca Paracatu - MG

      amigo Dalzir Vitória,também sou seguidor do ditado que "cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém",tanto que como médio produtor sempre sigo a tendência de ir dividindo as vendas e tenho acertado

      0
    • João Alves da Fonseca Paracatu - MG

      Sr. Dalzir,desculpe o analfabetismo digital ,mas quero concluir que pensadores e estudiosos do nosso meio com o senhor,o Liones,o João Batista,o Matielli,o Herbert Bartz,o Paulinelli,dentre muitos ,merecem ser ouvidos,lidos,estudados,seguidos e principalmente serem levados a sério quando falam da necessidade de defenderem nossa atividade e não depreciá la,fraterno abraço,qualquer dia desses passo por Uberlândia ,tomo um café com o senhor e batemos 2 dedos de prosa.Saudações mineiras,uai!

      0
    • Dalzir Vitoria Uberlândia - MG

      Será um prazer tomar um café com o Sr seu João..e conversarmos a respeito do mundo....mas sobre mercado de soja tenho o seguinte raciocinio...os preços estavam em 14 a 15 o buschel...tivemos uma safra americana cheia...mais uma sulamericana récord....e agora uma safra americana com chuvas acima da média em sua fase inicial e o Sr sabe que não é tão prejudicial assim..o preço da soja já chegou a 8..a demanda a com soja a preço de banana pode até subir mas muito pouco..portanto com mercado ESTOCADO e ABASTECIDO e previsão de boas safras o preço não tem outro caminho..despencar....não é aquilo que desejo mas não posso deixar de dizer o que penso....

      0
    • Liones Severo Porto Alegre - RS

      Dalzir, uma correção: os preços da soja jamais chegaram a $ 8.00 p/bu nos últimos 8 anos

      0
    • Liones Severo Porto Alegre - RS

      e muito provável que jamais voltará a tocar nesse valor. abcs

      0