Sem glifosato, agricultura brasileira está fadada ao retrocesso, com prejuízos econômicos e ambientais

Publicado em 08/08/2018 14:31 e atualizado em 08/08/2018 18:29
6375 exibições
Além de aumentar a quantidade de produtos a serem utilizados no controle de ervas daninhas, a falta do glifosato poderia comprometer o plantio direto
Dionísio Gazziero - Pesquisador Embrapa Soja Londrina/PR

Podcast

Entrevista com Dionísio Gazziero - Pesquisador Embrapa Soja Londrina/PR sobre o Proibição do Glifosato

Download

LOGO nalogo

Nesta quarta-feira (08), o Notícias Agrícolas conversou com Dionísio Gazziero, pesquisador da Embrapa Soja de Londrina (PR), para destacar a eventual impossibilidade de se utilizar o glifosato nesta safra, como foi decidido pelo Ministério Público Federal (MPF).

Gazziero diz que a medida pegou todos de surpresa e que o glifosato é uma ferramenta importante para todas as culturas. Hoje, existem tecnologias no mercado que são fortemente baseadas no uso do herbicida. Desta forma, o impacto poderia vir como um todo para a agricultura.

O Brasil, enquanto um país tropical, enfrentaria também uma mudança brusca em seu modelo de agricultura, que voltaria a trazer problemas ambientais como erosões.

Para ele, é difícil encontrar uma alternativa ao produto hoje. Há o paraquat, mas este, além de estar sendo questionado, demanda mais aplicações.

O pesquisador salienta a necessidade de se basear em metodologias aceitas internacionalmente para barrar um produto ou outro em solo brasileiro. "Não se pode trabalhar com base no achismo", diz.

A Anvisa aindaa não possui todas as informações para tomar um posicionamento a respeito da questão, que é complicada e difícil por agora.

 

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

6 comentários

  • Marcio Pedroso Sete Lagoas - MG

    Ignorância pura essa questão do glifosato; sei desde 2008 dessa conversa de proibição, reflexo da incompetência dos órgãos do governo principalmente da Anvisa e do MAPA que estavam empurrando com a barriga, até então. Acho que essa medida, apesar de drástica, foi um acorda, inclusive para parar com esse jogo de empurra-empurra que estava sendo feito até então!!
    Quem está feliz com isso, além das pessoas que usam o achismo como dialogo (sou contra a Monsanto e não interessa em que), é a Monsanto(Bayer) que certamente já tem uma outra molécula(mais perigosa?) para substituir o glifosato, tendo em vista, que já não é assim um produto tão rentável, como já foi antes da quebra da patente.
    Quem vai perder com isso é o produtor e lá na frente à população, pois o primeiro vai ter que usar outra molécula (herbicida, veneno, agrotóxico, defensivo etc)s que vai ser mais cara, trabalhosa (aplicar mais vezes para dar o mesmo efeito) , perigosa para os aplicadores(gramoxone=parkison) encarecendo o custo de produção(que já é alto) e a população ai sim vai ter varias outras moléculas(não só uma) que poderão ser piores, ou será que os outros herbicidas não são piores(supostamente) que o glifosato. Ex a atrazina, bentazona, paraquate, metalocloro, glufosinato, nicossulfuron, 2,4 D, bentazona alguém vai contra esses também? Ou será quem vamos voltar a usar enxadas, cultivadores puxados por animais -sei vamos por os presidiários para fazer isso=dois coelhos com duas pauladas. Ou se acha que se passar um concreto ou um asfalto para evitar as plantas daninhas resolve?
    Já a população vai ter outras moléculas para se preocupar; como disse mais perigosas para as pessoas e também para o meio ambiente ou não se sabe que tem o carreamento de vários outros herbicidas para a agua?
    Triste ver como os produtores rurais são tratados o Brasil; ignorantes os culpam de levar quilos de veneno por capta para a mesa, os culpam por degradar o meio ambiente, os culpam por fazer analogia à escravidão, os culpam por maltratar os animais...
    De certo existem muitas coisas a serem corrigidas, mais tem que ser pontuais e que o poder público assuma mais o poder, que tenham uma estratégia realmente faça o que tem que fazer do jeito certo e na hora certa.
    Tá na hora dos produtores fazerem iguais aos caminhoneiros: pararem de plantar ou de não venderem as suas produções nem que seja por uma safra= vão ter que comprar da China ai sim vão comer veneno, ou concreto, ou talvez beber gasolina, ou comer de tira gosta uma lasca de pneu.

    1
  • Marcio Pedroso Sete Lagoas - MG

    Na verdade isso é mais um resultado da incompetência do governo, principalmente da Anvisa e Mapa, pois sei desse assunto desde 2008 e de lá para cá só foram empurrando com a barriga. Na verdade acho que até a Monsanto está gostando disso pois o glifosato já não é tão rentável assim para eles devido a não terem a exclusividade de produção e comercialização a muito tempo! De certo que eles(Monsanto) ja tem outra molecula para substituir o glifosato! Vejo também a ignorância dos contrários ao glifosato(na verdade contra a Monsanto), mau sabem que as outras moléculas inclusive o paraquate são muito piores sendo comprovadadamente causadoras de Parkinson! O glifosato esta no mercado a mais de 40 anos e ate agora nada comprovado contra ele so o achismo explorado por gente que ignora que sem ele o produtor vai usar outro que é muito mais perigoso tipo o nicossulfuron faixa vermelha a atrazina que vai facilmente para o lençol freático..triste o povo quer é que o produtor rural vá se f###

    0
  • Ernando Tomé São Paulo - SP

    Que diabos o MPF tem haver com Glifosato????? Eles não deveriam estar trabalhando pela justiça. O Glifosato é a Anvisa e Ministerio da Agricultura que são responsaveis por permitir e autorizar... Bando de mortos de preguiças, não trabalham e tentam achar assuntos polemicos para dar o ar que trabalham.

    0
    • MARCIO PEDROSOSETE LAGOAS - MG

      Acho, ainda, que passou da hora dos produtores rurais se unirem ficarem nem que seja uma safra sem plantar ou vender suas produções/criações, pois vale os caminhoneiros pararem e o governo abrir as pernas pagando do bolso do proprio povo inclusive os que foram mais prejudicados nisso foram os produtores rurais; pesquisem para saber da onde saiu os bilhões para o subsídio do diesel e vão ver e veio na maior parte de verbas da agricultura. Sou a favor da agropecuária com o mínimo de defensivos agrícolas(agrotoxicos, veneno, etc) quem dera se conseguíssemos produzir conforme os preceitos agroecológicos. Tenho ciência que ainda não! Mais creio que podemos melhorar! Vale também consumir açúcar, sal, gordura, remédios, cloro e flúor da água a poluição feitas pelos veículos pelas indústrias, , fumace da dengue, mata baratas, repelentes, etc-esses também são também supostamente cancerígenos-vale tudo menos produzir alimentos enfrentando intempéries da naturezas, problemas de escoamento da produção, altas nos preços dos insumos e baixas nos preços pagos ap produtor por causa de políticos e agentes públicos despreocupados! Cansado de asneiras de gente que acha que sabe das coisas e sempre culpando que tem o minimo de culpa! Quero ver sem os produtos do campo o que vão comer: terra? Concreto? Beber gasolina? Comer de sobremesa uma lasquinha de pneu?

      0
  • gilberto evaristo Kasper toledo - PR

    Brasil, o país bananeiro onde os burocratas criaram o ''achismo científico''...

    0
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Gilberto ....onde o produtor é tao mal representado... todo mundo deita e rola sobre o produtor e ele faz o que???...fica quieto..resignado...e a bancada ruralista é a maior, a mais pelega e inoperante do mundo.. faz o que?...nada..

      1
  • AGRO É BRUTO Cacoal - RO

    Caros agricultores e agrônomos ler a bula do produto antes...depois que seus filhos vão ao médico por alergia ou com o dificuldade para respirar...pode se manifestar...

    38
  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Onde estavam "os bons" quando esta turma -- formada em Ciências Sociais e Humanas SEM conhecimento de Administração e de Ciências Exatas --, tomou de conta do país?... Só nos resta uma desobediência civil como nos tempos da soja "maradona"... Quem sabe nos aliamos aos caminhoneiros independentes e organizamos um movimento para causar aumento de 50% no preço da soja em Chicago.... Queria ver como o pessoal ia encarar os 25% de sobretaxa do Trump para os chineses...

    1
    • EDUARDO LIMA PORTOPORTO ALEGRE - RS

      O Império da Estupidez de Toga (Sem glifosato, agricultura brasileira está fadada ao retrocesso, com prejuízos econômicos e ambientais)...

      1
    • VIRGILIO ANDRADE MOREIRAGUAIRA - PR

      Precisa processar e prender estes estupidos. Só pode ser brincadeira.

      0
    • ROGERIO MENDES LOPESMORRINHOS - GO

      Em um país que o ministro do meio ambiente é o Sarneyzinho e outros como Marina Silva, Isabela não sei o que, Carlos Minc entre outros, e que, não é diferente o estilo, no Judiciário e instituições às mil pelo Brasil, não teríamos outro resultado senão o atraso completo !

      0
    • SAMOIL IVANOFFQUERENCIA - MT

      Tenho minhas dúvidas se sobrou alguém bom nesse hospício chamado Brasil

      0
    • CARLOS ALBERTO ERHARTSULINA - PR

      Deveríamos deixar de produzir por um ano, só assim veriam a importância da agricultura!

      0
    • LúCIO MAURO NOFFKECASCAVEL - PR

      Ainda não acessei a íntegra dessa discussão, mas o Ministério Público Federal não pode determinar ou decidir sem a existência de uma ação cível. De qualquer forma, é uma notícia extremamente negativa para a já tão combalida agricultura nacional, ainda mais a de pequeno e médio porte. Entendo que cabe aos prejudicados com essa "decisão" apresentar questionamentos e posicionamentos técnicos e pressionar os respectivos sindicatos e associações, no sentido de se evitar tamanha insensatez.

      0
    • LUIZ ANTONIO LORENZONICAMPO NOVO DO PARECIS - MT

      A esquerda sempre lutou para inviabilizar o agronegócio no Brasil e agora com a ajuda do MPF (antro de esquerdistas) está conseguindo. Espero que ainda haja juízes em Brasilia...

      0
    • SEBASTIÃO FERREIRA SANTOSFÁTIMA DO SUL - MS

      Estamos com as cartas na manga, proximos de uma eleição onde temos a oportunidade de excluir essa corja de desocupados que nada fazem ou produzem, apenas vivem as custas de quem trabalha e que tentam de todas as formas minar o setor produtivo visando implantar suas ideologias retrogradas no país. Chega desse povo inútil e inescrupuloso que à anos trabalham apenas objetivando desestimular quem trabalha e produz para o sustento do país. Chegou a hora de colocarmos gente séria no poder e que não seja comprometida com esses organizações podres que atuam no Brasil. E não adianta mudarmos só o Presidente da República, mas principalmente esse Congresso, onde a corrupção é latente. Com um executivo sério apoiado por um legislativo menos corrupto e um judiciário de boas intenções com certeza seremos imbatíveis.

      0
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Senhores....pergunto...a tal juíza decidiu de acordo com lei???de acordo de como a ideologia dela entende a lei???se foi de acordo com sua ideologia ou de seus amigos que tipo de punição ela terá???? Nenhuma...nada ...nhente..ou seja a única CASTA QUE PINTA...BORDA .FAZ O QUE QUER E NADA ACONTECE É A CASTA DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO....ORA E PORQUE??? Porque eles tem muita autoridade e nenhuma responsabilidade por seus atos..vejam que estão aumentando seus salários em quase 17%... Com inflação de 3%...e ganham aposentadoria integral em caso de perda de cargo por crimes...seus filhos tem pagamento de escola particular feita pelo estado..auxilio palito...uns 4 meses de férias...tem ate no supremo funcionário pra tirar a cadeira pra levantarem pois devem ser deficientes... Portanto aquela lei de abuso de autoridade que o Renam queria votar e o povo idiota foi contra era pra que ???? Pra resolver e punir quem da decisão em desacordo com as leis...então não adianta chorar... precisa de una lei que puna estes suíços do judiciário... Outra coisa os deputados e senadores que aprovarem o aumento do judiciário deveriam ser banidos dos cargos...

      1