Soja: Preços disparam em Chicago nesta 3ª feira após declaração de Donald Trump sobre conversas com a China

Publicado em 01/11/2018 13:36
1799 exibições
Mercado tem ganhos intensos, porém, declarações vieram pelo Twitter e ainda estão no campo especulativo. Dessa forma, altas ainda são bastante frágeis. Enquanto isso, plantio avança bem no Brasil e país terá oferta adiantada para atender demanda internacional que já espera por esses primeiros volumes de soja.
Matheus Gomes Pereira - Analista de Mercado da AgResource Mercosul

Podcast

Entrevista com Matheus Gomes Pereira sobre o Mercado da Soja

Download

LOGO nalogo

Matheus Gomes Pereira, analista de mercado da AgResource Mercosul, conversou com o Notícias Agrícolas nesta quinta-feira (01) e destacou a alta expressiva do mercado da soja na Bolsa de Chicago (CBOT) no dia de hoje em decorrência de uma declaração de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, no Twitter.

Trump teria divulgado em sua conta pessoal que estaria tratando de assuntos com o governo da China, a fim de colocar fim na guerra comercial. Entretanto, a rede social do presidente é conhecida por trazer informações apenas para gerar boatos e pressão, de forma que algumas notícias especulativas já foram divulgadas antes sem confirmação posterior.

A China evita o mercado norte-americano em suas compras e isso não é segredo para o mercado. As compras do país asiático se voltaram para a soja disponível brasileira. As exportações no Brasil estão em níveis recordes e saudáveis e, ainda nessa semana, a exportação foi fraca nos Estados Unidos.

75% da soja já foi tirada do campo nos Estados Unidos. Tradicionalmente, os chineses teriam mais interssse de venda.

Para Pereira, um acordo comercial é difícil neste momento, já que é preciso ser encaixado um meio termo entre as necessidades de ambos os países. O analista acredita que o presidente dos Estados Unidos está fazendo um jogo político em meio às eleições para cargos legislativos.

As colocações de Jair Bolsonaro também teriam animado Pequim. Contudo, o estreitamento de laços entre Bolsonaro e Trump também se mostra animadora para o mercado.

Plantio no Brasil

Até o momento, 64% da área de soja já foi plantada no Brasil, 20% a mais do que o mesmo período para 2017. O cenário é propenso para o começo de safra, acima da média dos últimos cinco anos. O plantio de soja é rápido, eficiente e saudável até o momento.

Para a safra de verão, a preocupação é nula quanto ao clima. Há apenas problemas pontuais de excessos hídricos no sul do Brasil. Há preocupação com a safrinha, mas isso será visto mais adiante.

 

Por: Carla Mendes e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário