Em Mangueirinha (PR), adversidades climáticas afetam desenvolvimento inicial das lavouras de soja precoce

Publicado em 27/11/2018 11:17 e atualizado em 27/11/2018 16:15
826 exibições
Lavouras sofreram com excesso de chuvas e a falta de luminosidade nesta temporada e cenário pode afetar a produtividade das plantações. Cerca de 5% a 10% da área ainda precisa ser semeada na região. Negócios permanecem lentos na localidade e soja disponível é negociada a R$ 71,00/sc.
Juarez Alberti - Presidente do Sindicato Rural de Mangueirinha/PR

Podcast

Entrevista com Juarez Alberti - Presidente do Sindicato Rural de Mangueirinha/PR sobre o Acompanhamento de Safra da Soja

Download

LOGO nalogo

A incidência de chuvas e a falta de Sol atrasou o plantio e prejudicou o bom desenvolvimento das lavouras de soja na região de Mangueirinhas (PR). Ainda restam cerca de 5% a 10% de área para ser semeada no município.

“Como tivemos falta de luminosidade com pouco Sol, a soja precoce pode ficar um pouco pequena e talvez caia um pouco a produção nessas áreas plantadas. Vamos fazer o acompanhamento, mas nesses últimos dias tivemos bastante Sol e pode amenizar esse problema. No ano passado foi colhido entre 140 e 150 sacas por alqueire e esperamos que esse número não caia”, conta Juarez Alberti, presidente do Sindicato Rural de Mangueirinhas (PR).

Além dessa preocupação com o clima no plantio, o medo da ferrugem também ronda os produtores da região. “O produtor sempre está preocupado com essa questão dos esporos. Aqui na região temos coletores de esporos e foi coletado essa semana a presença de ferrugem no ar, mas não temos nenhuma lavoura com ferrugem ainda no município. O pessoal já está tratando e fazendo os preventivos para evitar que se instale, temos que ficar alerta pois a ferrugem está rondando”, diz Alberti.

Com poucos contratos futuros firmados até o momento, a cidade atualmente conta com o preço de R$ 71,00 para a saca no mercado disponível.

Por: Fernanda Custódio e Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário