Chuvas previstas para os próximos dias devem ajudar desenvolvimento da soja em Santa Rosa/RS

Publicado em 17/01/2019 10:26 e atualizado em 17/01/2019 16:03
1159 exibições
Ao contrário de outras partes do Rio Grande do Sul, a região da cidade de Santa Rosa não conta com grande volume de chuvas acumuladas até o momento, mas expectativa de produtividade de 50 sacas por hectare está dentro da média para o município.
Nelson Della Valli - Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Rosa/RS

Podcast

Entrevista com Nelson Della Valli sobre o acompanhamento de safras da soja

Download

LOGO nalogo

A região da cidade de Santa Rosa/RS não conta, até o momento, com grande índice de chuvas acumuladas. Sendo assim, a chuva prevista para os próximos dias no município deve ajudar o desenvolvimento das lavouras de soja, que devem iniciar as colheitas no final do mês de março.

“Temos comunidades com um pouco mais de chuva e outras com um pouco menos, mas não está sobrando umidade. Na verdade merecíamos um pouco mais de chuva e com certeza essa chuva prevista deve ajudar. Nós esperamos colher 50 sacas por hectare para ser uma colheita um pouco satisfatória”, diz Nelson Della Valli, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Rosa/RS.

O alto custo de produção para a safra 2018/19 e a baixa rentabilidade dos preços de mercado até o momento preocupam os produtores da região com relação ao fechamento das contas. “A soja está em torno de R$ 65,50 e, nesses valores, se torna bem complicado fechar a conta no final do ano. Nesse nível de preço ao acho que fica empatado porque o custo é bastante alto”, afirma Della Valli.

MILHO

Já a lavoura de milho em Santa Rosa/RS já iniciaram as colheitas e, até o momento, o desempenho está sendo satisfatório para os produtores. “O milho está em torno de 9 ou 10 toneladas por hectare e está bem satisfatório. O preço está em R$ 32,00 a saca e com a produtividade dá para se manter na atividade”, comenta Nelson.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário