Chuva atrapalha colheita da soja em Carazinho/RS

Publicado em 20/03/2019 10:56 e atualizado em 20/03/2019 14:41
1244 exibições
Chuva atrapalha colheita da soja em Carazinho/RS
Paulo Vargas - Vice-Presidente do Sindicato Rural de Carazinho/RS

Podcast

Entrevista com Paulo Vargas - Vice-Presidente do Sindicato Rural de Carazinho/RS sobre o Acompanhamento de Safra da Soja

Download

LOGO nalogo

Os trabalhos de colheita da soja em Carazinho no Rio Grande do Sul estão atrasados devido as chuvas que acontecem na região nos últimos dias. Até o momento, o município tem entre 5 e 10% da área colhida e as atividades devem ir até o dia 20 de abril.

Após um início de safra muito complicado, apontado pelos produtores como o pior início de safra dos últimos anos, as chuvas se regularizaram e a expectativa é de finalizar a colheita com produtividade próxima das 66 sacas por hectare, a mesma média atingida na safra passada.

Agora a preocupação dos produtores passa a ser o mercado de venda da produção. Os preços atuais não se mostram positivos e o fechamento das contas vai ficar por conta do nível de produtividade.

“Tem produtores que vão colher mais e produtores que vão colher menos. Isso tudo eles vão ter que ver depois, fazer a sua conta e ver o que sobrou, não importa colher muito e também gastar muito para produzir que ele fica no 0 a 0. Quem fez vendas futuras no ano passado conseguiu preços melhores. Agora caiu bastante, por volta dos 70/72 reais, o que é um preço baixo”, conta Paulo Vargas, presidente do Sindicato Rural de Carazinho/RS.

Assim, os agricultores também começam a se planejar para as próximas safras, que continuam apresentando alto custo de produção, com os insumos ainda caros, mesmo com a desvalorização do dólar.

Confira a íntegra da entrevista no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário