Com chuvas menores do que o necessário, produtores de Maringá/PR devem ter cautela no plantio da soja

Publicado em 27/09/2019 10:50
656 exibições
Sindicato Rural do município recomenda que produtor espere chuvas regulares antes de semear a safra 2019/20. Quem já plantou na esperança da chuva que não veio corre risco de perder investimentos.
José Antônio Borghi - Presidente do Sindicato Rural de Maringá/PR

Podcast

Com chuvas menores do que o necessário, produtores de Maringá/PR devem ter cautela no plantio da soja

Download

LOGO nalogo

Após um período bastante seco entre agosto e setembro, os produtores de Maringá no Paraná esperavam boas chuvas para esta semana. Nessa expectativa, alguns iniciaram o plantio da soja 2019/20 no começo da semana, as precipitações não se confirmaram e agora quem plantou corre risco de perder o investimento.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Maringá/PR, José Antônio Borghi, o produtor precisa ter cautela e só iniciar o plantio quando as previsões de chuvas estiverem mais confirmadas e não arriscar perder os insumos utilizados.

Borghi comenta que todo o mês de outubro representa uma boa janela de plantio para a soja, mas que pensando na segunda safra de milho, a semeadura da oleaginosa deve ser finalizada até o dia 15 do próximo mês.

Apesar dessas incertezas, os agricultores de Maringá estão animados e esperam atingir produtividade média de 60 sacas por hectare para retomar bons níveis após as perdas da safra 2018/19 e da safrinha 2019.

Confira a entrevista completa com o presidente do Sindicato Rural de Maringá/PR no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário