Com 50% da soja semeada, Douradina/MS sofre com estiagem e dificuldade para avançar os trabalhos

Publicado em 30/10/2019 11:13
496 exibições
Algumas áreas que foram semeadas já passaram por replantio e panorama mais detalhado dos prejuízos será possível apenas após o retorno das precipitações.
Cláudio Pradela - Presidente do Sindicato Rural de Douradina/MS

Podcast

Com 50% da soja semeada, Douradina/MS sofre com estiagem e dificuldade para avançar os trabalhos

Download

LOGO nalogo

Os produtores de Douradina no Mato Grosso do Sul estão enfrentando muita dificuldade neste início de safra da soja 2019/20. Os trabalhos de plantio foram paralisados após 50% da área ser semeada devido a falta de chuvas na região. A estiagem inclusive, já causous a necessidade de alguns replantios e propicia desenvolvimento ruim nas lavouras.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Douradina, Cláudio Pradela, os produtores avançaram com o plantio após uma boa chuva no município, mas agora estão perdendo o que foi semeado e estão impossibilitados de seguirem com as atividades devido a falta de novas precipitações.

A liderança destaca que apenas após o retorno das chuvas é que será possível fazer um balanço do tamanho do prejuízo e verificar quais áreas vão precisar passar por novos replantios, o que aumentaria ainda mais o custo de produção da safra e já causa apreensão por uma possível falta de sementes de soja.

Diante deste cenário, a recomendação de Pradela é que o produtor não feche novas vendas futuras, uma vez que não há certeza nem mesmo de que os contratos já feitos para troca de insumos serão cumpridos.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente do Sindicato Rural de Douradina/MS no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário