HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Plantio da soja em Laguna Carapã/MS enfrentou muitas dificuldades e algumas áreas devem perder até 40% de produtividade

Publicado em 19/12/2019 11:40 e atualizado em 20/12/2019 15:23
1007 exibições
Reflexos do atraso da soja vão ser sentidos também na segunda safra de milho em 2020, que deve ter 30% menos de área cultivada com o estreitamento da janela ideal de cultivo
Antônio Rodrigues Neto - Técnico Agrícola da Casa da Lavoura de Dourados

Podcast

Plantio da soja em Laguna Carapã/MS enfrentou muitas dificuldades e algumas áreas devem perder até 40% de produtividade

Download

LOGO nalogo

Os trabalhos de plantio da safra de soja 2019/20 foram muito complicados em Laguna Carapã no Mato Grosso do Sul. A semeadura teve início logo em 15 de setembro, mas foi interrompida pela irregularidade das chuvas e 70 dias de estiagem, o que empurrou o término das atividades apenas para os últimos dias.

Segundo o técnico agrícola da Casa da Lavoura de Dourados em Laguna Carapã/MS, Antônio Rodrigues Neto, muitas áreas do município tiveram que passar por replantio, algo entre 20 e 30% do total, e a perspectiva já aponta que a produtividade ficará 40% menor do que o esperado.

Neste momento, a situação é a contrária na região, que registrou 250 mm de chuvas acumuladas nos últimos dias e os produtores já se preparam para aumentar o número de aplicações de defensivos das 2/3 previstas para 4/5.

Além desta dificuldade com a soja, a segunda safra de milho também deve ser comprometida, já que a janela de cultivo será empurrada para frente, o que aumenta o risco de geadas no inverno. Sendo assim, a área de milho deve ficar 30% menor em 2020, com o produtor apostando mais no plantio da braquiária, aveia e trigo.

Confira a entrevista completa com o técnico agrícola da Casa da Lavoura de Dourados em Laguna Carapã/MS no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário