Capacidade da Raízen no etanol 2G, de 40 milhões/l, será suprida em 2 anos junto com as pesquisas e diminuição dos custos

Publicado em 04/12/2017 11:40 1293 exibições
Atualmente a planta de Piracicaba produz 15 mi/l. A entrada nesse nicho, mesmo sem o domínio completo dos gargalos da produção do etanol celulósico, deu-se também para gerar novas oportunidades e maior eficiência ‘aprendendo produzindo’.
Por:
Giovanni Lorenzon
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário