Molhada mais cedo em 2018, cana de Iturama/MG pode ganhar alguma massa depois de 2 meses de seca se chuva voltar

Publicado em 13/02/2019 16:40 e atualizado em 14/02/2019 11:10
242 exibições
Chuvas na região vieram em setembro e pararam em dezembro. A recuperação, no entanto, nunca será 100%, devido a perda considerável em meses cruciais, como dezembro e janeiro. Moagem da Coruripe na região começa em 20 de março. Renovação deve ser de 15% em 19/20.
Tadeu Coleti - Diretor técnico da Asforama

Podcast

Entrevista com Tadeu Coleti - Diretor técnico da Asforama sobre a Prespectivas para a cana em Iturama

Download

LOGO nalogo

A região mineira de Iturama recebeu chuvas mais cedo do que o histórico para o local, ainda no mês de setembro. Após isso, a estiagem deu as caras a partir de dezembro e janeiro e prejudicou o melhor desenvolvimento das lavouras de cana-de-açúcar. A expectativa dos produtores é que a volta das chuvas neste mês de fevereiro consigam recuperar alguma parte desse prejuízo.

“Nós temos a perspectiva de uma safra até um pouco melhor do que a do ano passado se as condições forem melhores daqui até abril, mas caso o contrário, a perspectiva não era muito boa não. Não vai melhorar como era a nossa perspectiva inicial, mas isso é reversível sim. “, diz Tadeu Coleti, diretor técnico da Asforama (Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Iturama.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Por: Giovanni Lorenzon e Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário