Boi Gordo: Leve melhora na oferta de animais e venda lenta de carne podem pressionar cotações

Publicado em 26/05/2015 17:00 e atualizado em 26/05/2015 17:37
287 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Mercado pressionado. A especulação cresceu. 

Em São Paulo as ofertas de compra variam de R$ 146,00/@, à vista, a R$ 148,00/@, nas mesmas condições. Nos preços menores não há negócios. As indústrias estão aproveitando o momento de ligeiro aumento da oferta de boiadas de pasto para testar o mercado. 

A venda de carne não evolui. Os estoques estão confortáveis. As escalas dos frigoríficos paulistas atendem quatro dias úteis, em média, e com isso a pressão de compra diminui. Ou seja, a conjuntura é propícia para pressionar o mercado, mesmo que os negócios não ocorram. 

Nas demais praças a pressão baixista também existe, mas com menor intensidade. Houve, inclusive, valorizações em algumas regiões do país. 

Os preços da carne permaneceram estáveis, mas se o escoamento continuar fraco, este forçará desvalorizações e consequente pressão sobre o resultado da indústria. Com isso, dentro do limite da oferta, as tentativas de compra em preços menores devem continuar.

Mas, por enquanto, com as recentes quedas nas cotações da arroba, a margem de venda, principalmente dos cortes sem osso, está nos melhores patamares do ano.

Clique AQUI e confira as cotações do boi
Fonte: Scot Consultoria

0 comentário