Boi Gordo: Pouca movimentação no mercado, com pressão nos preços em São Paulo

Publicado em 16/12/2016 17:32 261 exibições
O cenário de escoamento lento de carne bovina e oferta curta de boiadas continua. Com as programações de abate, em geral, confortáveis, os frigoríficos pressionam o mercado em São Paulo. 

Houve ajuste negativo nas duas praças do estado, embora o cenário não seja de pressão de baixa expressiva. A disponibilidade de boiadas limita o movimento e algumas empresas, com escalas menores, ofertam um pouco mais.

As vendas de cortes de traseiro estão relativamente melhores, mas também sem demanda forte. Isto vai ao encontro da relação do consumo dos cortes de traseiro com a renda. Apesar da crise e desemprego, há algum acréscimo de dinheiro na praça com os décimos terceiros.

As exportações em ritmo mais lento são outro fator que diminui a demanda por dianteiros, cortes com grande importância no mercado externo. 

Para os próximos dias não são esperadas mudanças expressivas, tanto para a carne bovina, como para o boi gordo.

Clique AQUI e confira as cotações do Boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário