Mercado do boi inicia a semana calmo, por Scot Consultoria

Publicado em 09/03/2020 17:15
298 exibições

Thayná Drugowick

zootecnista

Scot Consultoria

Estabilidade

O mercado do boi gordo inicia a semana com preços estáveis em São Paulo. No estado, as escalas de abate atendem cerca de cinco dias.

O cenário é de calmaria, com indústrias fazendo um balanço de vendas de carne da semana anterior e traçando estratégias para os próximos dias. No entanto, a oferta comedida de boiadas mantém o mercado firme.

Movimentação

Das 32 praças pecuárias pesquisadas pela Scot Consultoria, o preço do boi gordo subiu em cinco e ficou estável nas demais.

A oferta de animais terminados limitadas tem feito com que algumas indústrias ofertem preços maiores pela matéria-prima para preencher as suas programações de abate.

Essa é a situação da região Norte e Sul de Minas Gerais, Oeste da Bahia, Sudoeste de Mato Grosso e Paragominas-PA. Na média das praças citadas, a alta foi de 0,5%.

Destaque para Norte de Minas Gerais

Na região, a oferta de boiadas tem sido insuficiente para atender a demanda e fez com que a cotação da arroba subisse 0,8% (ou R$1,50/@) na comparação com o último fechamento (sexta-feira).

Na praça, o boi gordo está cotado em R$196,50/@, à vista, bruto, R$196,00/@, à vista, com o desconto do Senar, e em R$193,50/@, à vista, livre de impostos (Senar+Funrural).

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário