Scot Consultoria: Ausência de negócios no mercado do boi gordo

Publicado em 17/04/2020 17:02 275 exibições

Aron Ferro

Scot Consultoria

Se durante a semana, já houve poucos negócios, a sexta-feira não seria diferente. Com o quadro de consumo indefinido ou então deprimido, parcela das indústrias optaram por ficarem fora das compras (cenário comum a todas as praças monitoradas). 

Com a oferta de boiadas razoável, porém, com a insegurança quanto ao futuro próximo do mercado, há divergências de estratégias dos compradores e as escalas variam de 4 a 12 dias. As exceções são as praças de Rondônia e Espírito Santo, onde a oferta restrita repercutiu no cenário inverso.  

Sem esperança de melhoria no consumo de carne em curto prazo, os preços estão estáveis.

Exportação

Com a Índia enfrentando dificuldade na contenção da pandemia e paralisando indústrias, o Oriente Médio (comprador de carne de búfalos indianos) ganha olhos para o bovino brasileiro e o dólar em alta favorece a exportação.

A China também segue com bons volumes comprados até o momento, ajudando no escoamento da produção. 

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário